Circular: Prefeitura exige instalação de pontos

O prefeito em exercício Mehde Meidão encaminhou correspondência à diretoria da Unitrans, empresa concessionária do transporte público, anexando o mapa da cidade onde deverão ser localizados e instalados os 266 postes, que serão utilizados para demarcação dos pontos de ônibus do Transporte Cidadão.

No ofício, Meidão ressalta que os postezinhos estão “depositados há dias na sede da empresa e deverão ser instalados por linhas, preferencialmente no prazo de 30 dias”. Os artefatos, feitos em estrutura metálica, foram doados ao município pelo Grupo Facchini.

O prefeito assinala que a instalação dos postes é uma exigência “feita em cumprimento ao contrato de concessão celebrado entre o município e a Unitrans e a sua não efetivação ensejará a tomada das medidas cabíveis”, adverte. Meidão destacou ainda que “essas demarcações deverão ser feitas por linhas”, concluiu.

Câmara

O vereador Eliezer Casali (PV) repercutiu a matéria do jornal A Cidade sobre o transporte público de Votuporanga. No último domingo, em entrevista exclusiva ao jornal, o responsável da Unitrans, Ormelio Caporalini, alegou que em 90 dias as novas linhas estarão em funcionamento.
Para Eliezer, esta novela se estende há dois anos e a empresa ainda não se adequou. “Estamos acompanhando esta questão há muito tempo e a situação está atrasada. Eu não sei de quem é a culpa, se é da empresa, Prefeitura, mas não dá pra esperar mais. A população reclama pelo serviço, pelo atraso”, disse.
Ele afirmou ainda que dará prazo de 90 dias para a regularização. “Depois disso, temos que cobrar uma ação efetiva. O contrato com a empresa começou em 1992 e vence em 2016. Passou da hora de acontecer melhorias”, enfatizou.
O vereador cumprimentou Mehde Meidão por ter encaminhado correspondência à diretoria da Unitrans, empresa concessionária do transporte público, anexando o mapa da cidade onde deverão ser localizados e instalados os 266 postes, que serão utilizados para demarcação dos pontos de ônibus do Transporte Cidadão. No ofício, Meidão ressalta que os postezinhos estão “depositados há dias na sede da empresa e deverão ser instalados por linhas, preferencialmente no prazo de 30 dias”.
Iamspe
Eliezer voltou a criticar o Iamspe (Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual). Uma visita já foi pré-agendada com o superintendente Latif Abrão Junior. “Vamos ver onde está o problema, se é do Iamspe ou dos médicos. Esta mesa-redonda serve para esclarecer estas questões que tanto está trazendo transtornos. Os usuários têm dificuldade para marcar consultas, cirurgias e internação”, disse.
Balanço
O presidente da Câmara Municipal, Mehde Meidão, fez um balanço de suas atividades a frente da Prefeitura por 10 dias. Ele citou emendas parlamentares no valor de R$ 3 milhões para Votuporanga.
Com o deputado estadual Carlão Pignatari (PSDB), ele conseguiu R$1,2 milhão para o prolongamento da avenida Wilson Foz.
Já com o parlamentar Gilmaci Santos (PRB), o município recebeu R$ 800 mil, para o prolongamento de uma avenida.
Meidão conquistou ainda cinco academias a céu aberto.
Ele destacou ainda a lei de carros abandonados, que autoriza a remoção dos veículos
Vila Carvalho
Por sua vez, o vereador Emerson Pereira voltou suas reivindicações para a Vila Carvalho. Ele contou que no período eleitoral a Prefeitura tinha disponibilizado médico semanalmente. “Há um mês, não aparece o profissional para Vila Carvalho e Cruzeiro. Vou agendar reunião com a secretária de Saúde, Fabiana Parma, para resolver os problemas”, destacou.
Emerson disse ainda que os moradores destas localidades não podem ser atendidos nos Consultórios Municipais. “Eu acho um absurdo aquela população, povoado que tanto necessita, não ter atendimento médico”, enfatizou.
O vereador José Antônio Pereira dos Santos, o Colinha, informou que amanhã o médico voltará a atender.
Emerson criticou que quando os profissionais pedem licença, a Secretaria não manda mais médicos para suprir a falta de um. “Quem sofre com isso é a população”, disse.
Praça
Emerson também falou da praça Ademar de Barros. “Já pedi providências para que voltassem a reforma. Há três meses que a reforma se estacionou. A população quer as melhorias. A Secretaria de Obras não deu importância para o ofício. A comunidade quer saber o motivo. Que a Prefeitura limpe o local, porque os matos estão altos. Não vou aceitar a praça suja, com entulhos”, disse.
Consciência Negra
Por sua vez, o vereador José Carlos Leme de Oliveira também falou sobre o evento em comemoração a Semana da Consciência Negra. A Secretaria da Educação, Cultura e Turismo da Prefeitura de Votuporanga em parceria com a Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo e o Centro Universitário de Votuporanga (Unifev) realizam na próxima semana, de 19 a 23 de novembro, a exposição “Consciência Negra em Cartaz”.
A mostra é composta por cartazes alusivos a data, comemorada oficialmente no dia 20 de novembro, e ficará aberta para visitação das 9 às 17 horas, no Memorial da Unifev.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password