Cidade tem menor mortalidade infantil dos últimos anos

A Fundação Seade (Sistema Estadual de Análise de Dados) divulgou nesta semana os números da mortalidade infantil no Estado de São Paulo, referentes ao ano de 2012. Desde 2008, Votuporanga atingiu a sua melhor marca, 3,7 por mil nascidos vivos, elevando sua posição no combate à morte de crianças com até um ano de idade.

 

Em 2011, a taxa de mortalidade infantil na cidade era de 13,5.

 
Na região, entre os sete municípios com mais de 50 mil habitantes, apenas Votuporanga apresentou melhora no ranking em comparação ao ano passado. Nos outros seis – Barretos, Catanduva, São José do Rio Preto, Olímpia, Fernandópolis, Mirassol – houve piora.

 
Barretos ficou com o pior desempenho da região, com 13,5 bebês mortos para cada grupo de mil nascidos vivos. Catanduva também está com índice de mortalidade acima da média do Estado. Neste ano, a cidade apresentou 12,7 mortes para cada mil nascidos vivos, enquanto que, em 2011, a taxa era de 6,9.

 
No Estado de São Paulo, em 2012, a mortalidade infantil foi de 11,48 óbitos por mil nascidos vivos, a menor da série que a Fundação Seade acompanha desde o século passado. Em relação a 2011 (11,55), ficou praticamente estável, mas na comparação com 2010 (11,86), a redução foi de 3,20% e, se comparada com 2000 (16,97), a queda chegou a 32,35%. Esse resultado reafirma a posição de São Paulo como um dos Estados com menor risco de morte infantil no Brasil.

 

Leidiane Sabino – A Cidade

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password