Cícero garante vitória e liderança em noite polêmica de Neymar

A dupla sertaneja escalada para cantar o hino brasileiro dava o tom da noite de espetáculo no Novelli Júnior, em Itu. Neymar deu seus dribles e apanhou, como sempre, mas desta vez apareceu mais por discussão polêmica com o técnico Roberto Fonseca, do Ituano. Então quem assumiu o papel principal foi Cícero, autor do gol da vitória do Santos, por 1 a 0, o líder do Campeonato Paulista.

O Peixe entrou em campo com um esquema modificado. Neto sentiu lesão e deu lugar ao garoto Jubal, que fez sua estreia entre os profissionais, na zaga. Já os volantes Arouca e Renê Júnior, também com problemas físicos, forçaram Muricy Ramalho a escalar Adriano no meio e Miralles no ataque, colocando o Alvinegro no 4-3-3.

A equipe santista não foi muito produtiva na primeira etapa, que ficou marcada pelo bate boca entre Neymar e Roberto Fonseca. A Joia chegou a indagar ao quarto árbitro se o técnico do Ituano não havia lhe chamado de macaco, mas voltou atrás no intervalo e declarou que não entendeu direito, enquanto Fonseca se defendeu dizendo que apenas usou o termo cai cai para o camisa 11.

A polêmica foi deixada de lado na volta para o segundo tempo, e o Santos voltou com Felipe Anderson no lugar do vaiado André. A mudança deu certo, com um meio mais participativo e Miralles se mexendo bastante de centroavante. Logo aos 3 minutos, Cícero aproveitou o espaço e mandou para a rede, seu terceiro gol na temporada.

Com a vantagem o Alvinegro não acelerou mais, apenas administrou. Neymar passou em branco, algo que não acontecia pelo Paulistão há dez jogos, em uma noite que o seu espetáculo foi mais polêmico do que plástico. E foi por pouco, já que mandou uma bola na trave no fim e ainda cavou a expulsão de Leandro Silva.

O Alvinegro praiano volta a campo domingo, no clássico contra o São Paulo, na Vila Belmiro. E o torcedor santista espera que os gols da Joia voltem também, sem polêmica!
FICHA TÉCNICA 
ITUANO 0 X 1 SANTOS

Estádio: Novelli Júnior, em Itu (SP)
Data/hora: 30/1/2013 – 22h (de Brasília)
Árbitro: Leonardo Ferreira Lima
Auxiliares: Fabrício Porfírio de Moura e Claudenir Donizeti Gonçalves da Silva
Renda e público: Não divulgados
Cartões Amarelos: Durval (SAN); Leandro Silva eThiago Bezerra (ITU)
Cartões vermelhos: Nenhum

GOL: Cícero, 7’/2ºT (1-0);

ITUANO: Anderson; Leandro Silva, Vitor Hugo, Cleber e Alison; Marcinho Guerreiro, Cambará, Michel (Thiago Bezerra, 18’/2ºT) , Luciano (Kleiton Domingues, 12’/2ºT) e Fernando Gabriel; Marcão (Adaílton, 30’/2ºT). Técnico: Roberto Fonseca.

SANTOS: Rafael; Bruno Peres, Neto, Durval e Guilherme Santos; Adriano, Cícero e Montillo (Pinga, 39’/2ºT); Miralles, Neymar e André (Felipe Anderson – Intervalo)

 

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password