China critica a arbitragem e detona a Federação Paulista

Para o técnico China a arbitragem foi a principal responsável pelo empate contra o Osasco Futebol Clube, na última quarta-feira, no Estádio Municipal Plínio Marin, ao validar o gol do do adversário, que segundo o treinador, estava em posição de impedimento.
Além de não conseguir a primeira vitória nesta etapa da competição, o empate quebrou o aproveitamento de 100% como mandante do clube de Votuporanga na Segundona. O treinador reclamou ainda da grande quantidade de cartões amarelos distribuídos aos atletas de sua equipe.
“O jogo foi equilibrado e tem que responsabilizar o juiz pelo empate. No lance do gol deles o atacante estava completamente impedido. Além disso ele encheu nosso time de cartão amarelo, e por uma incrível coincidência todos os jogadores que estavam pendurados receberam o terceiro cartão”, desabafou China.
O comandante do CAV não poupou nem mesmo a FPF (Federação Paulista de Futebol). Ele acusou a entidade de favorecer os times da Grande São Paulo em detrimento aos clubes do interior, apesar dessas equipes terem mais tradição e levarem mais público aos estádios.
“O Osasco é um time muito bom, o melhor que enfrentei no campeonato, e não precisa disso. A FPF sempre quer ajudar esses times próximos da capital. No ano passado quando estava no Fernandópolis já fui prejudicado. A Federação Paulista é omissa, trata os clubes do interior de qualquer jeito, e escala juízes sem a menor condição de apitar”, disparou China.
Com o empate o CAV ocupa a terceira colocação do Grupo 14, com dois pontos. O clube volta a campo no próximo sábado, quando faz um jogo decisivo contra o Nacional, fora de casa, pela terceira rodada. A equipe viaja hoje pela manhã para a capital paulista. (Blog Jociano Garofolo)

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password