Chega de porcaria! – Orlando Ribeiro


Mensalão, fotos de acidentes, escândalos sexuais, linchamentos…Chega de porcaria! Até quando vamos consumir essas desgraças por livre e espontânea vontade? Por que desperdiçar o tempo precioso com a família e com os amigos, comentando essas notícias tão desagradáveis? Chega dessas tranqueiras, dessas imundícies que nós mesmos trazemos para os nossos dias. Basta, voltemos o nosso foco para as coisas boas, para o que anda dando certo. O prefeito inaugura uma escola, mas o camarada fala do buraco da rua; uma mulher emagrece dezenas de quilos para poder doar um rim para uma criança desconhecida, mas a dona vai na TV para xingar a vizinha. Parem…Voltem o olhar para o que de bom anda acontecendo com você, com os outros, com o mundo. Aqui e Agora, em todos os momentos, vivamos na prática o otimismo. Você mora onde? Numa cidade boa ou má? Claro que é boa, tão boa que você pode até se dar ao luxo de reclamar dela. Se manque!
Sabe como a sua vida vai melhorar? Quando você prestar atenção nas coisas que deram, dão e darão certo. Verdade. Seja positivo hoje como deveria ter sido ontem e como deverá ser amanhã. Senão, meus caros, vai azedar. Aliás, até o leite quando azeda vira coalhada, o que é um trem gostoso demais. Ver e achar que está tudo bem, isso já é uma atitude que reforça nossa nova atitude de positivação da Vida. Pense agora, feche os punhos com força e diga com firmeza: Chega de tanta “porcaria” na minha vida. Não devemos nos acostumar com tudo. Isto é perigoso. De tanto ver o Datena e o Marcelo “Corta prá mim”, periga de a gente acreditar que o mundo inteiro é uma mer**, que não existe nada de bom na vida e o que o melhor que temos de fazer é meter uma bala nos cornos ou enfiar a mão na cara do sujeito que nos fechou no trânsito.
Viva o bom gosto, não se nivele por baixo. “Ah, que peixe delicioso comi ontem no pesque-pague: pena que a cerveja não estava gelada!”. Pelo amor de Deus, né? Mudar depende de nós, só se nós quisermos. Cada um de nós precisa tomar sua atitude – interna e externa de positivação. Descobrir, apontar e falar somente sobre o que anda dando certo. Então, aí eu junto as minhas descobertas, os meus apontamentos com os seus e, falaremos só de coisas boas, agradáveis. Vamos reinaugurar a cidade: a Cidade que está dando certo. Olhe em torno, confirme quanta coisa que está dando certo. É apenas uma questão de atenção, de observação. De constatação. É preciso ter mais foco no bom, no bem. Chega de porcaria. Deixe as tragédias para o Datena e para o Marcelo “Corta prá Mim”. Eu só quero saber do que anda certo, do que anda dando certo. Caminhar é que faz o caminho.
(* Sou Mestre de Cerimônias, celebro casamento e diretor de Departamento, vivo sempre em festa, pobres e ricas, mas sempre festas; é tudo de bom)

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password