CAV intensifica treinamento com novo esquema tático

Durante a atividade, por diversas vezes o treinador parou o coletivo e cobrou um posicionamento correto de seus homens de frente

Sem contar com o zagueiro Lucas Seixas, suspenso por cartão vermelho, o técnico Marcelo Henrique não repetirá com o Botafogo o esquema tático com três zagueiros, utilizados nos dois últimos dois jogos. Como o jornal A Cidade antecipou, o treinador entrará em campo, em Ribeirão Preto, no 4-3-3, com Adílson Bahia, Anderson Cavalo e Romário na frente.

Na última parte do treinamento de ontem, no Plínio Marin, o técnico fez um coletivo, dividido em dois tempos de 30 minutos, para avaliar o esquema. Ficou clara a preocupação em pressionar a saída de bola do adversário.

Durante a atividade, por diversas vezes o treinador parou o coletivo e cobrou um posicionamento correto de seus homens de frente. “No caso de não concluirmos uma jogada, nós precisamos marcar a saída de bola do adversário para não deixar o time muito vulnerável. Sem a bola, faremos a marcação regular, esperando o adversário para apostar em contra-ataques”, explicou Marcelo Henrique.

O treinador revelou que além da parte tática, a parte psicológica dos atletas vem sendo trabalhada. “Tivemos uma conversa de meia hora com todo o grupo em que expusemos a importância da classificação da equipe. O Cairo também pediu a palavra e conversou com o grupo”, contou.

Departamento Médico

O Departamento Médico (DM) do clube liberou o lateral-esquerdo Canhoto que participou normalmente das atividades de ontem. O jogador ficou de fora das duas últimas partidas da equipe e será titular no jogo decisivo deste domingo.

O zagueiro Caio César e o volante Jackson seguem em tratamento. Caio deve ser liberado e confirmado como titular contra o Botafogo. Já o caso de Jacskon é mais grave e o jogador deve seguir se recuperando. Fábio Ferreira/A Cidade

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password