Cav comemora incentivo a projeto “Futuros Craques”

 

A ação visa fortalecer e auxiliar financeiramente a Votuporanguense, proporcionando o acesso de 200 atletas das categorias citadas ao futebol, disputando o Campeonato Paulista.

 

Na última segunda-feira (16), o Secretário de Esportes e Lazer José Ricardo  “Mineiro”, acompanhado pelo Presidente da Associação Atlética Brisas Suaves, Edilberto Fiorentino “Casquinha” e o Diretor Paulo Ivaldi, estiveram na Secretaria Estadual de Esportes, Lazer e Juventude para retirarem o certificado de incentivo ao desporto referente ao projeto “Futuros Craques”. O material aprovado pelo governo através da Secretaria Estadual de Esportes, permite a Associação captar o valor do projeto através de 3% do ICMS que as empresas dentro do estado de São Paulo pagaram nos últimos 6 meses. Esses recursos serão aplicados nas categorias de base sub-11, 13, 15, 17 e 20 com o custeio de materiais esportivos, alimentação, transporte, arbitragens, professores (técnicos) e hospedagem.

A ação visa fortalecer e auxiliar financeiramente a Votuporanguense, proporcionando o acesso de 200 atletas das categorias citadas ao futebol, disputando o Campeonato Paulista.

 

Em entrevista o presidente da Votuporanguense, Marcelo Stringari explica que para o clube é muito é muito importante a aprovação do projeto de incentivo ao ICMS.  “Porque a gente sempre teve a intenção de, além de revelar jogadores, fazer um projeto social da categoria 11 a 20. São cinco categorias: 11, 13, 17 e a 20 e esse projeto vai nos ajudar a custear um pouco dessas despesas. Então nós estamos dando oportunidade”, comenta.  Para ele, além de tentar formar um jogador, o clube está tirando cento e cinquenta garotos de Votuporanga da rua para poderem trabalhar no futebol, jogando futebol. “Então, além da Votuporanguense formar um jogador, a Associação quer também fazer um serviço social. Por isso a aprovação dessa lei é muito importante. Mas agora tem que captar. A lei foi aprovada e agra a gente precisar captar. Mas como é que funciona? As empresas têm que ajudar a gente. Com o ICMS que a empresa paga, ela pode destinar até 3% para a Votuporanguense, aí a gente depois capta o dinheiro para investir nessas categorias”, finaliza.

 

 

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password