Carnaval tem o menor nº de mortos em estradas federais em quase 10 anos

 

O primeiro Carnaval com Lei Seca mais rigorosa registrou uma queda recorde no número de mortes nas estradas federais, segundo balanço divulgado nesta quinta-feira pelo ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo. Considerando a relação entre a frota e o número de acidentes, os seis dias de operação em 2013 registraram 2,1 mortos por milhão de veículos. É
o menor índice desde 2004.

 

De acordo com dados da Polícia Rodoviária Federal, foram registrados 3.149 acidentes, com 157 mortes e 1.793 feridos. Em relação a 2012, houve uma queda de 18% nas mortes, 19% no índice de feridos e 10% no de ocorrências.

 

“Houve um esforço muito grande do governo federal, não só do Ministério da Justiça, mas dos ministérios das Cidades, Transportes e Saúde, para evitar situação desoladora de acidentes”, afirmou o ministro, que atribuiu a queda a uma série de medidas, como o endurecimento na fiscalização e a conscientização dos motoristas.

 

A Operação Carnaval, realizada em todo o País entre a 0h da última sexta-feira até o fim da noite desta quarta-feira, constatou ainda que do total de 157 mortes, 70 ocorreram em acidentes com colisão frontal. Outros 32 óbitos foram resultados de falta de atenção e 25, de ultrapassagens indevidas

 

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password