Capitão Fávero afirma positividade em um mês de Atividade Delegada na cidade de Votuporanga

De acordo com balanço,  foram registrados desde agosto: 66 acidentes de trânsito sem vítimas e 68 com vítimas; fiscalizações de 83 praças públicas; 11 abordagens de ambulantes irregulares; apreensões de produtos piratas; 73 estabelecimentos comerciais vistoriados; 98 pessoas abordadas em atitude suspeita; boletins de ocorrências lavrados; duas apreensões de drogas; 1.054 autuações; entre outros.

O Capitão Edson Fávero, comandante da 3ª Cia de Votuporanga, afirmou em coletiva de imprensa nessa tarde (6), que a Atividade Delegada, desde o início – em agosto -, trouxe uma diferença positiva no policiamento preventivo. “Essa medida traz uma sensação de segurança para as pessoas, a própria comunidade está percebendo isso. Este primeiro mês da Atividade proporcionou mais tranquilidade para a PM em termo de segurança. A Polícia atingiu outras áreas que antes não conseguia chegar”, afirmou. Ele também disse que o número de crimes é complexo, ou seja, não se pode apegar aos números dos balanços, pois cada mês é diferente.

Segundo o capitão, policiais militares de Votuporanga, Fernandópolis, Jales, Santa Fé do Sul, Cardoso, General Salgado, Catanduva, São José do Rio Preto, Guarulhos, Mirassol e até mesmo da capital, estão trabalhando na Atividade na cidade. “Eles acabam trazendo experiências diferentes pra gente”. Ele afirmou que a Polícia Ambiental e o Policiamento Rodoviário também têm agregado bastante efetividade no trabalho.

Para Alberto Casali, secretário de Trânsito, Transporte e Segurança, Alberto Casali, foram registrados desde agosto: 66 acidentes de trânsito sem vítimas e 68 com vítimas (um acréscimo de 17%); fiscalizações de 83 praças públicas; 11 abordagens de ambulantes irregulares – dos quais foram apreendidos 1.466 DVDs piratas e 506 CDs; 73 estabelecimentos comerciais vistoriados; 98 pessoas abordadas em atitude suspeita; dois boletins lavrados por porte de entorpecentes, um de perturbação de sossego, um de violação de direitos autorais e três da operação desmanche; duas apreensões de drogas e 1.054 autuações.

O capitão também comentou sobre a Área Azul e afirmou que a PM apenas multa quando existe o cartão vermelho no veículo. “A Polícia não fica procurando carro para multar e verificar se o proprietário pagou ou não. Com a Atividade Delegada eu creio que as pessoas farão um melhor uso da Área Azul”.

Segundo Fávero, várias multas em relação a falta do cinto de segurança e uso de celular também são registradas diariamente. “Houve um acréscimo nisso. Após as orientações que o infrator tem, ele acaba mudando de comportamento quando é punido. Eu também acredito na eficiência da fiscalização”, disse.

De acordo com Casali, serão colocados vários banners em postes do município, indicando os locais de compra do cartão da Área Azul.

Paola Munhoz/Votunews

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password