Capacitação para pesquisa sobre leishmaniose começa amanhã

Curso, promovido em parceria com o Instituto Adolfo Lutz, abordará técnicas de coleta, conservação, montagem e identificação dos flebotomínios

A Unifev realiza nestes dias 12 e 13 de novembro uma capacitação para os alunos da Instituição que desejam participar de uma pesquisa sobre Leishmaniose Visceral. O estudo será desenvolvido em Votuporanga, por meio de uma parceria entre o Instituto Adolfo Lutz (IAL), a Prefeitura e o Centro Universitário.

O curso abordará as técnicas de coleta, conservação, montagem e identificação dos flebotomínios (insetos vetores da doença). Os interessados têm até hoje para fazer a sua inscrição na Central de Relacionamentos ou no site da Instituição, na opção “Portal Unifev”.

Ao todo, há disponíveis 30 vagas, direcionadas aos alunos das graduações de Farmácia, Biomedicina, Ciências Biológicas e Medicina. O investimento é de R$ 15.

Pesquisa

Inicialmente, os pesquisadores visam a identificar no município os aspectos entomológicos dos flebotomínios e a forma como tem ocorrido a infecção natural por Leishmania em humanos, animais domésticos e silvestres.

O trabalho, que será coordenado pelo diretor do Centro de Parasitologia e Micologia do IAL, Prof. Dr. José Eduardo Tolezano, tem o objetivo de promover uma inovação tecnológica em Saúde, cujo foco é a aplicação de novas alternativas para o controle da doença.

A cidade foi escolhida como sede do estudo, em razão do elevado número de casos humanos e índice de letalidade.

Para o coordenador da atividade e do curso de Farmácia da UNIFEV, Prof. Dr. Roberto Malta, essa é uma grande chance para os universitários que querem ampliar seus conhecimentos sobre o assunto e desenvolver trabalhos de iniciação científica na área.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password