Campanhas de saúde ficam abaixo da meta

As campanhas contra a poliomielite e sarampo de Votuporanga não atingiram a meta proposta pelo Ministério da Saúde. A imunização teve início no dia 8 de novembro e terminou na sexta-feira. De acordo com a Secretaria de Saúde, a cobertura de vacinação foi acima de 90%. Entretanto, o governo federal prevê, como ideal, 95% de imunização.

Na prevenção contra a pólio, foram imunizadas 3.868 crianças, o que equivale a 90,52%. A participação foi menor, em comparaçãocom o ano passado, quando 4.296 menores de idade receberam a dose, atingindo 101,66% do público alvo – total acima do previsto.

Contra o sarampo, 3.436 crianças foram vacinadas, representando 92,04% do público- alvo. De acordo com a Secretaria da Saúde, a baixa adesão é uma realidade em todo o Brasil e, por isso, provavelmente, o Ministério da Saúde prorrogue a campanha.

Entretanto, o município ainda não recebeu ofício solicitando a continuidade da campanha. A vacina continua disponível nas unidades de saúde. Devem ser imunizadas crianças entre seis meses e quatro anos de idade.

Pólio

A poliomielite é uma doença infectocontagiosa grave e a única forma de prevenção é por meio da vacinação. Na maioria dos casos, a criança não vai a óbito quando infectada, mas adquire sérias lesões que afetam o sistema nervoso, provocando paralisia principalmente nos membros inferiores.

Sarampo

O sarampo é uma doença viral aguda grave e altamente contagiosa. Os sintomas são febre alta, tosse, manchas avermelhadas, coriza e conjuntivite.

 

Andressa Aoki
andressa.aoki@diariodaregiao.com.br

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password