Campanha de Vacinação Contra a Gripe começa neste sábado em Votuporanga

Começa neste sábado (9/4) em Votuporanga, a Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe, que segue o calendário das campanhas de anos anteriores, destinada aos grupos prioritários – crianças de seis meses a menores de cinco anos, gestantes, puérperas (mulheres que deram à luz a menos de 45 dias), idosos a partir de 60 anos, pessoas com doenças crônicas e trabalhadores da saúde.

Todas as unidades de saúde do município estarão abertas neste dia, das 8h às 16h, para imunizar o público-alvo definido pelo Ministério da Saúde.

 

Para os profissionais de saúde, as doses já estão disponíveis em qualquer uma das 13 unidades de Votuporanga. As vacinas desta campanha são trivalentes e protegem contra os vírus H1N1, H3N2 e Influenza B (gripe comum).

 

A enfermeira responsável pelo setor de imunização, Daniele Fortilli, explica que o Ministério da Saúde enviou o primeiro lote ao município com 15 mil doses da vacina e a procura tem sido grande. “O segundo lote deverá chegar à Votuporanga nos próximos dias, mas mesmo assim pedimos as pessoas que fazem parte dos grupos prioritários que não deixem para última hora. Neste momento é importante também  evitar as filas e aglomeração de pessoas dentro das unidades de saúde, a fim de reduzir o risco de contaminações”.

 

Durante a semana, as unidades de saúde do município funcionarão para vacinação mediante estoque das doses, das 7h às 17h.  Em Votuporanga, 21.506 pessoas fazem parte dos grupos que poderão ser imunizados, sendo que a meta estipulada pelo Ministério da Saúde é vacinar pelo menos 80% desse total.

 

A vacinação, que começaria no dia 30 de abril, foi antecipada no Estado de São Paulo por causa do aumento de casos de H1N1. Neste ano, até o momento, Votuporanga registrou 15 casos da doença.

 

A enfermeira conta que esta vacina não causa gripe. “Ela não provoca este tipo de reação porque na sua composição existem apenas partículas de vírus mortos. Uma pequena parcela de vacinados pode apresentar dores musculares e mal-estar em até dois dias após a aplicação, o que não a contra-indica”.

 

Sintomas

Os sinais e sintomas da gripe H1N1 são parecidos com os da gripe comum, mas podem ser mais graves e costumam incluir algumas complicações, como febre alta, tosse, dor de cabeça, dores musculares, falta de ar, espirros, dor na garganta, fraqueza, coriza e congestão nasal.

 

Contágio e Prevenção

O contágio da gripe ocorre através das secreções das vias respiratórias da pessoa contaminada ao falar, tossir ou espirrar. O vírus também é transmitido da forma indireta, por meio das mãos que podem levar o agente infeccioso direto à boca, olhos e nariz, após o contato com superfícies contaminadas por secreções respiratórias.

 

Medidas de prevenção à doença devem ser adotadas:

* Tomar os cuidados gerais de higiene pessoal;

* Lavar frequentemente as mãos com bastante água e sabão;

* Fazer uso do álcool gel;

* Usar lenços descartáveis para cobrir a boca e nariz ao tossir ou espirrar;

* Evitar aglomerações e o contato com pessoas doentes;

* Não levar as mãos aos olhos, boca ou nariz depois de ter tocado em superfícies ou objetos de uso coletivo, como maçanetas, telefones, entre outros

* Não compartilhar copos, talheres ou objetos de uso pessoal;

* Procurar assistência médica se surgirem sintomas compatíveis com os da infecção pelo vírus da influenza tipo A.

As pessoas que estiverem com a suspeita da doença devem fazer uso da máscara respiratória para interromper o ciclo de transmissão do vírus.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password