Caminhoneiro incomoda PM após cheirar cocaína

Ele alegou que duas caixas de flocos, no valor de R$ 17 cada uma, foram subtraídas do interior do caminhão; PM não encontrou marcas de violação no local

M.V.C.D. de 25 anos, caminhoneiro, acionou a Polícia Militar de Votuporanga via CAD na madrugada de ontem, para registrar uma ocorrência de furto, na marginal do Posto Trevão.

Segundo a PM, por volta da 1h30 compareceram ao pátio do posto, onde o rapaz relatou que no final da tarde estacionou o caminhão com o qual trabalha, no pátio do posto. Após encontrar-se com outros motoristas desconhecidos, saíram para beber cerveja e cheirar cocaína. Quando voltaram, já no início da madrugada, aproximou-se do caminhão e sentiu falta de duas caixas de flocos, no valor de R$ 17 cada uma.

Na ocasião, os militares fizeram vistoria no caminhão, onde não foi constatada violação do baú que encontrava-se trancado com cadeado. Os policiais orientaram o indivíduo a verificar a carga com atenção e quando melhorasse, que fizesse a conferência da carga. Se caso realmente fosse constatada a subtração, procurasse o Plantão Policial para registrar a ocorrência.

Após deixarem o local, M.V.C.D. passou a ligar incessantemente no CAD (Centro de Atendimento e Despacho) da PM, por cerca de 10 ou 12 vezes, e também no atendimento de urgência do Corpo de Bombeiros e no serviço de ambulância pedindo auxílio, pois estava sentindo-se ameaçado ao ficar no pátio daquele posto.

Ele informalmente confirmou a versão ofertada aos PMs e mostrava-se inquieto, muito falante e articulando muito, com as pupilas visivelmente dilatadas. Quando soube que o ocorrido seria consignado no histórico da ocorrência, disse que não assinaria nenhum documento.

O boletim de ocorrência foi registrado e o caso será investigado pela DIG (Delegacia de Investigações Gerais).

Paola Munhoz/Votunews

 

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password