Caminhoneiro desaparecido é encontrado morto a tiros

O caminhoneiro Gustavo Diresta, de 36 anos, que estava desaparecido desde a última terça-feira (02), foi encontrado morto, no final da manhã de sábado (06), em uma mata próxima a rodovia BR-364, em Diamantino, Mato Grosso. O corpo estava com marcas de tiro e avançado estado de decomposição.

De acordo com a polícia, o último contato que Gustavo fez com a família foi em Lucas do Rio Verde, a 360 km de Cuiabá. Ele estaria retornando para a cidade de Mirassol, onde mora com familiares, com uma carga de milho.

O corpo do caminhoneiro foi encontrado cerca de 230 km de Lucas do Rio Verde, na Comunidade de Caete, já em avançado estado de decomposição e com marcas de tiro, na manhã de sábado (06). A carreta já havia sido encontrada na quinta-feira (04), pela Polícia Rodoviária Federal, próximo ao local do crime.

Dentro do veículo estavam os documentos pessoais do caminhoneiro, a nota fiscal da carga de milho e os documentos da carreta. A chave também estava no contato.

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil do estado do Mato Grosso. Até o momento, nenhum envolvido no crime foi identificado.

0 Comentários

Deixe um Comentário

treze − um =

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password