Câmara convoca representantes da saúde para debater “mais humanização”

A reunião ocorrida no plenarinho da Câmara de Vereadores contou com a presença do Coordenador da Rede de Urgência e Emergência de Votuporanga, o médico Drº Chaudes Ferreira, e Ivonete Félix do Nascimento – Administradora do Núcleo de Atenção à Saúde, além de representantes do Conselho Municipal de Saúde.

 

Motivado pelas críticas feitas na tribuna da Câmara Municipal na última sessão ordinária, pelo vereador Emerson Pereira, representantes da área da saúde estiveram nesta quinta-feira, reunidos com os vereadores para discutirem “mais humanização” no atendimento prestado pelas unidades do município.

A reunião ocorrida no plenarinho da Câmara de Vereadores contou com a presença do Coordenador da Rede de Urgência e Emergência de Votuporanga, o médico Drº Chaudes Ferreira, e Ivonete Félix do Nascimento – Administradora do Núcleo de Atenção à Saúde, além de representantes do Conselho Municipal de Saúde. O encontro foi aberto pelo presidente da Casa de Leis – vereador Osmair Ferrari, e conduzido pelo vereador Emerson.

Durante o seu pronunciamento feito na última segunda-feira, o vereador Emerson usou o seu tempo regimental para levar o caso de um rapaz que morreu após alguns dias internado na Santa Casa, depois de vários atendimentos feitos na UPA (Unidade de Pronto Atendimento).

O vereador mostrou no telão da Câmara um vídeo com depoimento dos familiares que cobraram a UPA por um melhor atendimento ao rapaz. Em razão disso, o médico Chaudes se reuniu com a irmã do falecido e apresentou a ela todos os exames e procedimentos médicos realizados ao rapaz. De acordo com o médico, o quadro clínico de Everton Francisco das Dores, 31 anos de idade, se agravou após sofrer uma trombo flebite, que o levou a óbito. Segundo Drº Chaudes, a irmã tomou ciência de todo o atendimento recebido pela equipe médica da Santa Casa.

De acordo com os familiares, o rapaz passou pela UPA seis vezes e uma pelo mini-hospital do bairro Pozzobon, até receber o atendimento na Santa Casa. Everton sofreu uma luxação no punho após cair jogando bola. O vereador Emerson pediu mais humanização nas unidades de saúde.

Por sua vez, Drº Chaudes e Ivonete informaram que todas as unidades de saúde do município gerenciadas pela OSS colocam em prática o projeto de melhorias e humanização no atendimento médico. Os demais vereadores, como Rodrigo Beleza informou na reunião que a maior parte das reclamações que ele recebe de moradores é em relação à demora no atendimento no mini-hospital do bairro Pozzobon. Para isso, cobrou a contratação de mais médicos e enfermeiros naquela unidade de saúde e também na Santa Casa. O coordenador de saúde informou que já está adiantado o processo de viabilizar mais médicos e equipe técnica.

Neste sentido, a Organização de Saúde tem se reunido com frequência cm o prefeito João Dado, que está sensibilizado na contratação de mais médicos para as unidades de saúde do município.

Por sua vez, o vereador Emerson disse que ficou satisfeito com a reunião onde tirou suas dúvidas, apresentou críticas e sugestões e ouviu dos representantes da saúde que medidas de humanização estão sendo tomadas sistematicamente pela Organização Social de Saúde, Santa Casa e Prefeitura.

 

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password