Cães farejadores do Canil de Rio Preto localizaram drogas

Uma ação conjunta da Dise (Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes), da Polícia Militar de Votuporanga e do Canil de São José do Rio Preto na manhã de ontem, percorreu bairros da cidade em combate ao tráfico de drogas. A operação se concentrou no Palmeiras I, Estação, Pró-povo e Cohab.

 

Foram realizadas buscas que resultaram em prisões e apreensões de drogas e objetos diversos. No total, foram localizados, com a ajuda de cães farejadores, 171 invólucros pequenos e 21 grandes de maconha, 103 pinos de cocaína, além de R$215. 

Jociano Garofolo-A Cidade

 

A operação conjunta para cumprimento de Mandados de Busca e Apreensão, visando coibir o tráfico de drogas nesta cidade, Policiais Civis e Policiais Militares com apoio do Canil, procederam buscas em diversos locais, realizando prisões e apreensões de drogas e objetos diversos.
Foram intensificadas diligências em uma residência na Rua Renato Fonseca no Jardim Santa Amélia. indivíduo bastante conhecido nos meios policiais, com antecedentes por tráfico de drogas, furto e estelionato, contra quem vem sendo coligidas constantes denúncias na DISE sobre o tráfico de drogas, principalmente no que tange a  aliciar adolescentes para a distribuição de drogas. As buscas foram efetuadas tanto  na residência deste indivíduo, quanto na casa de um adolescente de 15 anos de idade, na mesma rua, pois informações  levantadas durante as investigações da Especializada, davam conta que aludido inimputável “trabalhava” na distribuição de drogas e também porque ele foi surpreendido no interior da casa do suspeito.
Em poder dele foi encontrada uma porção grande de maconha, pesando aproximadamente 95 gramas, além de dinheiro e telefone celular. Já em poder do adolescente no interior de seu guarda-roupas, foi encontrado um pote contendo 103 pinos de cocaína, prontos para a venda, uma balança de precisão, dinheiro e dezenas de pinos de plástico vazios, conhecidos por eppendorf, idênticos àqueles que acondicionavam a droga e o telefone celular, o adolescente admitiu a comercialização de drogas,  além de confirmar que realmente vendia entorpecente para o suspeito.
Pelas circunstâncias  em que foram apreendidas as drogas e demais objetos, aliadas aos indícios da efetiva associação de forma estreita entre o indiciado e o menor, foram ambos conduzidos à DISE onde foi ratificada a voz de prisão outrora dada ao conduzido e apreendido o menor  púbere, sendo ambos autuados pelo Delegado Titular da DISE, Dr. Antonio Marques do Nascimento, por infração aos artigos 33 e 35 da Lei 11343/06 (Tráfico de Drogas e Associação para o Tráfico) sendo o suspeito recolhido na Cadeia Pública local e o menor infrator recolhido na cadeia local em sala apropriada e será apresentado ao curador da infância e juventude desta Comarca.
Prosseguindo nas diligências, no Bairro Pró-Povo, mais precisamente na mata ciliar ali localizada, foi encontrado um saco plástico contendo 171 invólucros pequenos de maconha e outros 21 invólucros maiores da mesma droga, sendo o entorpecente devidamente apreendido e lavrado os devidos autos para providências investigativas visando localizar o proprietário da droga.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password