Cadastro para castração animal termina amanhã

Termina amanhã o prazo para realização do Cadastro para as castrações de cães e gatos domiciliados e residentes no município, promovidas pela Prefeitura. São disponibilizadas 1,2 mil vagas para procedimento gratuito no decorrer do ano.
A castração é uma cirurgia simples, feita com anestesia geral, que dura em média uma hora. O animal não precisa ficar internado e leva em torno de uma semana para se recuperar totalmente. Nas fêmeas, são retirados o útero, ovários e trompas. Nos machos pode ser a vasectomia ou a retirada dos testículos.
O maior cuidado do pós-operatório é evitar que bichinho remova os pontos, pois ao cicatrizar eles coçam. Os pontos são retirados 10 dias depois. Ao passar o efeito da anestesia no dia da cirurgia, o animalzinho já está pronto para voltar para sua rotina, alguns ficam quietinhos no primeiro ou segundo dia, mas é normal.
A castração de cães e gatos envolve uma série de mitos e crenças; mas, nos dias de hoje, esse procedimento é altamente recomendado pelos profissionais veterinários, já que traz muitos benefícios para os animais – e também para os seus donos. Impedindo a procriação, o processo é tido como um grande aliado para a diminuição do nível de abandono. No entanto, as suas vantagens vão muito além disso.
Ajudando a controlar e até evitar, por completo, diversos comportamentos incômodos e até doenças que podem surgir no animal, a castração é indicada quando cães e gatos atingem a sua maturidade sexual – o que ocorre por volta de um ano de vida. Porém, animais mais velhos também podem ser castrados sem complicações.
Para fazer o cadastro, o proprietário do animal deve ir pessoalmente ao Secez (Setor de Controle de Endemias e Zoonoses), localizado na rua Santa Catarina nº 3935 – Patrimônio Velho ou ligar para o 3405-9786 ou 3405-9787.

Benefícios da castração para o animal
– Em fêmeas, o procedimento diminui o risco de câncer de mama. E quanto mais cedo, melhor: 99% das cadelas castradas antes do primeiro cio não desenvolvem a doença. Já em gatas, a castração reduz as chances de câncer de mama entre 40% a 60%.
– Em machos, a castração reduz a frustração sexual e a necessidade de sair em busca de “namoradas”. Ao mesmo tempo, isso diminui o risco de fugas, atropelamentos e brigas com outros machos.
– As fêmeas não ficam mais vulneráveis a infecções uterinas graves, como a piometra, uma vez que o seu aparelho reprodutor é removido durante o procedimento.
– Já em machos, reduz-se em grande escala os problemas de próstata e evita-se o câncer de testículo, que pode ser fatal.
– As fêmeas não entram mais no cio, poupando os tutores de lidar com o sangramento e com possíveis cães de rua importunando no portão.
– Cães e gatos machos sentem menos necessidade de marcar o seu território com urina.
– Seu animal de estimação também pode ficar mais dócil, facilitando a interação e reduzindo situações problemáticas – especialmente entre os que tinham comportamento agressivo antes.
– Uma vez que seu cão está castrado, consulte seu veterinário sobre a quantidade de comida que você deve oferecer. Em geral, os animais castrados consomem menos calorias. Ressaltamos ainda que a castração em si não faz os animais engordarem. O que acontece em alguns casos é a redução de atividade física (o animal fica mais calmo), o que o leva a ganhar peso. Basta ficar de olho e não deixar de exercitá-lo. Da Redação/Diário de Votuporanga

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password