Cachorro vítima de maus-tratos é adotado por estudantes e se torna mascote de república: ‘Vai ficar com a gente para sempre’

Animal foi encontrado em maio deste ano com ferimentos, mau cheiro, infecção e sinais de desnutrição em Pindorama (SP); na época, responsável foi multado em R$ 3 mil.

Depois de quatro meses, a vida do cãozinho Jordan mudou “da água para o vinho”. Ele foi resgatado após sofrer maus-tratos, mas acabou adotado por estudantes e é o mais novo morador de uma república de Catanduva (SP).

Em maio, ele foi encontrado em Pindorama (SP) com ferimentos, mau cheiro, infecção e sinais de desnutrição. Um laudo veterinário caracterizou maus-tratos e o responsável foi multado em R$ 3 mil.

Após ser resgatado, o cãozinho foi encaminhado ao abrigo da protetora de animais Julia Laude. Ela cuidou e até mudou o nome dele.

“Mudo tudo para que eles não se lembrem do que passaram, inclusive da forma como eram chamados pelos antigos tutores”, conta. “Quando chegou, ele estava desacreditado dele mesmo. Ele morria de medo. Quando nós chegávamos perto, ele urinava.” Após se recuperar, Jordan foi colocado para adoção e recebeu sete novos donos no último dia 16 de setembro.

“Nós estávamos procurando um cachorro há um bom tempo, mas sempre chegávamos atrasados e ficávamos em segundo ou terceiro na fila. Deu errado tantas vezes que desistimos por um tempo”, conta o estudante Luiz Francisco Braga, de 22 anos.

“No dia 16, cheguei da aula na hora do almoço e pensei em procurar de novo, aí achei o Jordan. Já fazia uma semana que tinham postado foto dele.”

Ao g1, Luiz contou que passou por uma espécie de entrevista para conseguir adotar o novo pet, que tem apenas 9 meses. “Eles estavam selecionando muito bem os donos, pois ele já tinha sofrido muito, mesmo tão novo.” “Acho que não poderíamos escolher um cãozinho melhor. Ele é muito inteligente, carinhoso e calmo”, conta Luiz.

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password