Bruno faz tratamento no DM e deve jogar final

Votuporanguense se reapresentou ontem e terá semana puxada de treinos; exame não detectou lesão em atacante do CAV

O Clube Atlético Votuporanguense retornou ontem aos treinamentos com o pensamento na final de domingo (24) contra o Taubaté, no Plínio Marin. Para o primeiro jogo da decisão, o treinador Marcelo Henrique Dias terá a volta do artilheiro do campeonato Anderson Cavalo, que cumpriu suspensão, mas aguardará até o final de semana para saber se pode contar com o autor do gol do acesso, o atacante Bruno.

A expectativa no CAV é muito grande para que Bruno esteja em condições de jogar futebol no domingo. Segundo o Departamento Médico, o atleta foi submetido a um exame de imagem que não constatou lesão muscular, e revelou uma situação muito parecida com a que viveu recentemente o meia Victor Palito, causada pelo cansaço e excesso de jogos.

Em entrevista ao A Cidade, o fisioterapeuta da Votuporanguense, Danilo Lima, disse que a situação de Bruno, a princípio, preocupou a todos, mas teve evolução. “Em uma análise subjetiva de zero a dez da dor, está em cinco hoje. Vamos pegar firme no tratamento intensivo nos três períodos durante a semana e o atleta será avaliado no sábado pela manhã”, disse, avaliando como boa a expectativa do jogador encarar o Taubaté no primeiro jogo. Ainda segundo Danilo, o acúmulo de ácidos e toxinas resultou numa contratura aguda, que deve melhorar no decorrer dos dias.

Bruno mostrou alívio ao saber que não se trata de uma lesão grave. O atleta do CAV conta que estava chateado, pensando em algo pior, que poderia deixá­lo de fora das finais. “Foi uma contratura, a mesma coisa que o Palito sentiu. Pelo que o DM indica, no domingo, estarei em campo”, disse.

O atacante iniciou o tratamento na segunda (18), fez um trabalho regenerativo ontem, e faz hoje um treinamento específico na academia. O jogador, que marcou seis vezes pela pantera na A3, relembrou o momento da contratura, em que colocou a mão na coxa, e ouviu o lamento dos cinco mil torcedores presentes no Plínio Marin. “Quando cheguei perto da bola, coloquei a mão na perna e bateu uma frustração em mim e nos torcedores. Percebi a reação da torcida. Agora é só tratar. Estou feliz de conseguir o acesso com o CAV e de estar em uma final que o Brasil inteiro vai assistir. Quero fazer história, mais uma vez, coroando com o título”, disse o atacante.

Treino

A Alvinegra treinou sob chuva na tarde de ontem no Estádio Plínio Marin. Todo o elenco participou da atividade de toques e finalizações em campo reduzido. Para o primeiro jogo das finais, além do atacante Anderson Cavalo, volta o lateral-­esquerdo Willian, que também cumpriu suspensão automática. A baixa será o volante Paulo Vitor, que foi expulso contra a Inter. Tabarana deve assumir a posição. Hoje, o elenco treina fisicamente pela manhã na academia, e no período da tarde, faz treino técnico no Estádio. Jociano Garofolo/A Cidade

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password