BOMBA: FPF interdita 25 estádios do Paulistão e das Séries A2 e A3. Veja a lista!

São Paulo, SP, 09 (AFI) – A Federação Paulista de Futebol (FPF) divulgou soltou uma bomba que vai agitar os bastidores do futebol de São Paulo nos próximos dias. Nada menos que 25 estádios das três principais divisões do Estado foram interditados, na noite desta segunda-feira.

 

Foram oito estádios do Paulistão, sete da Série A2 e dez na Série A3. Os motivos das interdições são variados, sendo apontados pela FPF os seguintes motivos: irregularidades na estrutura, segurança e higiene, além de vencimento de laudo do Corpo de Bombeiros.

 

Brinco terá de sofrer reformas de novo

Agora, os times terão pouco mais de um mês para solucionar os problemas apontados pela entidade máxima do futebol paulista. Pode parecer muito tempo, mas a falta de recursos que atinge a maioria dos clubes do Interior, sobretudo, os da Séries A2 e A3 pode ser um grande osbtáculo.

A interdição de estádios com a proximidade dos estaduais não é uma novidade na vida da FPF. Entra ano e sai ano, os clubes continuam a cometer os mesmos deslizes. E o ano de 2013 foi um exemplo para isso em Campinas. A Ponte Preta teve o Estádio Moisés Lucarelli vetado e foi obrigada a estrear no Paulistão contra o Mogi Mirim, em Americana. O Guarani também teve sua casa interditada em meio ao Paulistão e a Copa do Brasil, onde foi obrigado a enfrentar o Confiança-SE, em Limeira.

No último dia 25 de novembro, a FPF já havia anunciado a interdição de outros sete estádios das Séries A1, A2 e A3. No Paulistão, foram vetados o Jayme Cintra, do Paulista; Nabi Abi Chedid, do Bragantino; José Liberatti, Grêmio Osasco Audax; Palma Travassos, Comercial; e Santa Cruz, Botafogo. Na A2, foi o Coronel Francisco Vieira, da Itapirense, enquanto na A3 o veto foi ao Frederico Dalmazzo, do Sertãozinho.

Confira abaixo os estádios interditados nesta segunda:

Paulistão

Bragantino – Estádio Nabi Chedid

Ituano – Estádio Novelli Júnior

Linense – Estádio Gilberto Sigueira Lopes

Mirassol – Estádio José Maria de Campos Maia

Mogi Mirim – Estádio Romildo Ferreira

Rio Claro – Estádio Dr. Augusto Schimidt Filho

São Bernardo – Estádio 1º de Maio

XV de Piracicaba – Estádio Barão de Serra Negra


Série A2

Batatais – Estádio Osvaldo Scatena

Capivariano – Estádio Carlos Colnaghi

Guarani – Estádio Brinco de Ouro

Rio Branco – Estádio Décio Vitta

Santo André – Estádio Bruno José Daniel

São José – Estádio Martins Pereira

Velo Clube – Estádio Benito Agnello Castelano


Série A3

América – Estádio Benedito Teixeira

Francana – Estádio Dr. José Lancha Filho

Independente – Estádio Comendador Agostinho Padra

Inter de Limeira – Estádio Major José Levy Sobrinho

Joseense – Estádio Martins Pereira

Juventus – Rua Javari

Matonense – Estádio Hudson Buck Ferreira

Rio Preto – Estádio Anísio Haddad

São Carlos – Estádio Prof. Luiz Augusto de Oliveira

Votuporanguense – Estádio Dr. Plínio Marin


Veja estádios que já estavam interditados anteriormente:

Paulistão

Botafogo – Estádio Santa Cruz

Comercial – Estádio Palma Travassos

Paulista – Estádio Jayme Cintra

Audax – Estádio José Liberatti


Série A2

Itapirense – Estádio Coronel Francisco Vieira

Marília – Estádio Bento de Abreu


Série A3

Cotia – Estádio Euclides de Almeida

Guaçuano – Estádio Alexandre Augusto Camacho

Sertãozinho – Estádio Frederico Dalmazzo

Taubaté – Estádio Joaquim de Moraes Filho
Agência Futebol Interior

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password