Betinho se safa de processo de cassação em Pedranópolis

O prefeito de Pedranópolis José Roberto Martins, popularmente conhecido como Betinho, conseguiu se safar de um processo de cassação recentemente protocolado pelo Ministério Público Federal.

Ele é acusado de ter usado um recurso do governo federal na casa de R$ 1 milhão em obras de infra-estrutura de um loteamento pertencente a uma associação no município de Pedranópolis.

Betinho conseguiu evitar a abertura de uma comissão, como queria o MPF, após uma manobra que resultou na falta de um vereador, que desequilibrou a composição da Câmara Municipal de Pedranópolis.

O vereador Antônio Ferreira dos Santos “Bago Roxo”, que também é funcionário da Prefeitura, teve que fazer uma viagem e acabou não comparecendo a sessão desta terça-feira, dia 1, conseqüentemente deixando de votar na matéria.

Com o placar de quatro a quatro, o processo foi rejeitado e arquivado. A oposição precisa de cinco votos para aprovar o processo de cassação de Betinho.

Neste mandato, o prefeito vem capengando e só ficou no cargo após decisões favoráveis a ele que segue com inúmeras acusações de fraudes, desvio de recursos, entre outros. A oposição tenta a qualquer custo fazer com que ele deixe o cargo e seja condenado a devolver dinheiro aos cofres públicos.

Em setembro do ano passado, ele teve as contas rejeitadas referentes ao exercício de 2012, como apontou o Tribunal de Contas do Estado. A matéria chamou atenção da população da pequena cidade na região de Fernandópolis. Os munícipes foram para o Legislativo e apoiaram a maioria dos vereadores sobre o decreto legislativo que reprovou as contas do Betinho. Houve bate boca e cobrança acirrada contra os vereadores que votaram a favor do prefeito.

Para o vereador de oposição, Marcos de Lollo, Betinho não soube administrar e ainda garantiu um rombo de mais de R$ 1,3 milhão aos cofres públicos. “Faço um desafio ao prefeito, para que ele deposite esse valor aos cofres públicos, e ai sim, eu voto contra o parecer do TCE”, declarou o vereador.

Desta vez a oposição foi aplaudida pela maioria do público presente na sessão.

Votaram a favor do prefeito os vereadores Fausto Luano Rosa, Odília Rosa Coelho Ribeiro Donato, Marcos Adriano da Silva e Antonio Cirino de Souza Neto.

Os que votaram contra Betinho são: Evair Romano Vicente de Lima, Cheila Donizete dos Santos Vicente, Marcos Roberto de Lollo e Marcos Antônio Rodrigues da Cruz.

Antônio Ferreira dos Santos faltou à sessão.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password