Banco de Leite recebe certificado

O programa Iberoamericano de Bancos de Leite Humano entregou, no último dia 5, certificado de ouro ao órgão de Votuporanga.

 

A iniciativa conta com o patrocínio da Coordenação Geral de Saúde da Criança e Aleitamento Materno do Ministério da Saúde, desenvolvida pela Fundação Osvaldo Cruz (IFF e ICICT).

A responsável técnica do Banco de Leite de Votuporanga, Maria Alice Riva, explicou que somente oito unidades do interior receberam os certificados relacionados a este ano.

 
“Existiam as classificações prata e bronze, além da desclassificação, mas nós ganhamos a máxima”, comemorou.
Vários critérios foram analisados, entre eles, os equipamentos, leite coletado, distribuição e a qualidade do material.

 
“Para nós, significa muito, é uma luta diária para conseguirmos esta coleta. Tudo isso não seria possível sem o apoio da nossa equipe, que é formada por duas técnicas de enfermagem e dois serviços gerais”, frisou.

 
Em novembro, o Banco de Leite local reuniu 11 doadoras para 35 mães receptoras. Foram coletados 25litros de leite e distribuídos 29 litros. “Fazemos o impossível. O bom seria se todo mês tivéssemos um estoque que desse para atender a todos os bebês”.

 

 

Estoque
Atualmente, o estoque de leite é baixo, até porque além de atender os bebês por toda cidade, o Banco também envia o material para os hospitais de Jales e Votuporanga. “Ainda existe o preconceito das mulheres acharem que doando, o filho vai ficar sem leite. Pelo contrário, quanto mais ea mama é estimulada, mais ela produzirá”, disse.
Alice destaca que a família deve apoiar o aleitamento materno. “Este é um momento muito importante para mãe e bebê. Por isso, os companheiros devem incentivar cada vez mais a amamentação”, encerrou.

 

 

Karolline Bianconi – A Cidade

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password