Bancários podem aderir paralisação de serviços a partir de hoje em todo o Brasil

A greve nos bancos está legalizada para começar a partir do hoje, porém a adesão dos bancários será voluntária. De acordo com o presidente do sindicado dos bancários de Votuporanga, Harley Aparecido Vizoná, a categoria irá esperar as ações dos grandes centros.

“Para hoje não temos nada programado, o mais provável é que em Votuporanga a greve comece a partir de segunda-feira, dia 23. Embora a greve esteja legalizada para acontecer a partir de hoje, vamos aguardar os grandes centros para começarmos nossas ações, talvez algum ou outro funcionários comece a entrar de greve já quinta-feira”, comenta.

A decisão da greve foi tomada na noite do dia 12 de setembro, durante assembleia realizada no Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos Bancários de Rio Preto e Região e segue decisão nacional da categoria profissional.

Votuporanga possui 13 agências bancárias, os funcionários terão a escolha de participar da greve ou não, já que os atendimentos estarão suspensos sem data definida para retorno, somente os caixas eletrônicos estarão à disposição da população.

Reivindicações da categoria

Segundo os bancários, o ajuste proposto pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) de 6,1% para os salários é uma falta de consideração com a categoria, diante dos grandes lucros dos bancos nos últimos anos. O percentual não cobre a inflação do período, que foi de 6,5%, de setembro de 2012 a setembro de 2013, data-base da categoria.

Os bancários, que reúne cerca de 2 mil trabalhadores em mais de 40 municípios da região, reivindica reajuste salarial de 11,93% (5% de aumento real e reposição da inflação do período projetada de 6,6%); Participação nos Lucros e Resultados (PLR) de três salários mais R$ 5.553,15 e piso de R$ 2.860,21 (salário mínimo do Dieese).

Em relação à PLR, a proposta é 90% do salário mais R$ 1.633,94. Para a PLR adicional, 2% do lucro líquido dividido, com teto de R$ 3.267,88. Correntistas de Votuporanga e região que tiverem assuntos que precisem necessariamente ser resolvidos nos bancos devem se apressar para evitar transtornos.

Crédito: André Nonato/ O Jornal

 

SUBMATÉRIA

Em São José do Rio Preto, 50% dos bancos já estarão em greve a partir de hoje

Da redação

De Votuporanga

A greve dos bancários, que começa hoje em todo o País, deve ter adesão de quase 50% da categoria em Rio Preto. A previsão é de que parem as agências localizadas no Centro e nas avenidas Alberto Andaló e Bady Bassitt, num total de 48 das 99 existentes na cidade. “A expectativa é de que consigamos a adesão de pelo menos mil bancários”, disse o presidente do Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos Bancários de Rio Preto, Edemilson Favaron.

A paralisação vai atingir agências do Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, HSBC, Itaú-Unibanco, Mercantil do Brasil, Santander e Safra. A principal reivindicação da categoria é o reajuste salarial de 11,93% (inflação projetada de 6,6% do período mais aumento real de 5%). Os banqueiros ofereceram 6,1%. No início do mês, essa proposta da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) foi rejeitada e na semana passada houve assembleias em todo o Brasil para homologar a decisão de paralisação por tempo indeterminado a partir de amanhã.

Serviços bancários

Mesmo com a greve, grande parte dos serviços – como pagamentos, saques, transferências e depósitos – pode ser feita nos caixas eletrônicos, em lotéricas e agências dos Correios, pela internet ou pelo telefone.
Alguns serviços, como troca de senhas de cartões e contração de empréstimos de valor mais alto (para financiamentos ou compras de imóveis e automóveis) estão suspensos.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password