Aumento de jovens com Covid preocupa a Saúde na região

O número de pessoas jovens da faixa etária dos 20 aos 40 anos infectados pela Covid-19 tem preocupado a classe médica da região. Segundo a Secretaria de Saúde de Rio Preto, o número de pacientes internados em UTIs na faixa etária dos 40 a 49 anos subiu 32%.

No Hospital de Base, de 1º de março (início da pandemia) até a última terça-feira (28) 89 pessoas de idades entre 30 e 39 anos com a doença foram internadas na enfermaria da unidade. Quatro delas morreram. Na faixa etária dos 40 aos 49 anos foram internados 139 pacientes e oito morreram. Entre os mais jovens, de 20 a 29 anos, foram 32 pessoas contaminadas internadas no hospital e duas delas foram a óbito.

A preocupação do isolamento social e a realização de festas clandestinas têm sido destacadas pelo secretário da pasta, Aldenis Borim, e pela gerente de Vigilância Epidemiológica, Andreia Negri.

Na região, o médico cardiologista e diretor clínico da Prefeitura de Bady Bassitt, Isaac Limeira Paxini Machado, de 33 anos, gravou um vídeo (veja abaixo) e “puxou a orelha” dos festeiros que ignoram a gravidade da doença que pode levar a morte. O vídeo, produzido pelo portal de notícias Gazeta do Interior, viralizou nas redes sociais e nos grupos de Whatsapp.

O último boletim divulgado pela Prefeitura na última segunda-feira (27) mostra 323 casos confirmados, 162 curados e 11 óbitos. Outras 150 pessoas seguem em tratamento em isolamento domiciliar e 72 casos suspeitos. No vídeo, o médico, usa o exemplo de fatos do cotidiano para contar uma história fictícia para alertar os jovens sobre a gravidade da situação.

“Eu vim aqui para contar uma história simples, porém que vale a pena ouvi-la e refletir. O João, amigo nosso, jovem, forte e saudável, sem problemas de saúde, fez aniversário na semana passada e resolveu fazer uma festa. Infelizmente o João fez a festa, convidou amigos, parentes e até um churrasqueiro, o seu Antônio”, conta o médico.

Na sequência, o diretor clínico relata na história fictícia as consequências do evento. Ele conta que, duas semanas depois, o aniversariante acordou com sintomas da doença no corpo e testou positivo para Covid-19. No entanto, se recuperou bem em casa, cumpriu a recomendação do isolamento domiciliar e se recuperou assistindo séries na Netflix. Mas, infelizmente, dois grandes convidados não tiveram a mesma sorte que ele.

Na festa, ainda segundo o conto do médico, estava o Pedro, de 65 anos, pai de João. Diabético, hipertenso e obeso, o idoso pegou a doença, ficou intubado na UTI e não resistiu. Outro convidado especial, que ganhou beijos e abraços de todo mundo, segundo relatou o médico, foi o seu Antônio, o churrasqueiro. Ele tinha 72 anos, era hipertenso e diabético, e teve o mesmo destino do pai de João.

“Parou aquele negócio de você sentar na frente da TV e ver que morreram ‘tantas pessoas’. Agora quem está morrendo é o seu vizinho, seu amigo, seu irmão, seus avós. Pessoal, por favor, vamos tentar seguir as orientações. Vamos tentar fazer valer a pena o que estamos passando”, ressalta.

Ao DLNews, o cardiologista lamentou a subestimação dos jovens em torno da gravidade da doença.

“A partir do momento em que um jovem de 25 e 30 anos acha que isso não vai acontecer com ele, que isso é uma invenção ou uma briga política, ele perde o medo. Quando ele vê que os amigos pegaram e não tiveram tantos sintomas, ele acha que isso não tem problema nenhum e leva isso como se fosse uma brincadeira. Porém ele só percebe que isso é grave quando acontece com pessoas da família dele”, explicou.

“Tem uma frase que uso muito e ilustra muito o momento que estamos vivendo. O certo sempre será certo mesmo que ninguém esteja vendo. E o errado sempre será errado mesmo que todo mundo esteja fazendo. Então, cabe a cada um escolher o caminho e assumir as consequências”, alertou.

“Coronafest”

Flagrantes de festas clandestinas com aglomerações de pessoas sem o uso de máscaras tem sido comuns na região. No último fim de semana, a Guarda Municipal e fiscais de postura da prefeitura de Rio Preto fecharam duas festas que, juntas, somaram mais de 200 convidados. Os eventos foram realizados na Estância Unitra e na estrada municipal Valdomiro Lopes da Silva. Os organizadores foram multados no valor mínimo de R$ 6 mil.

DLNEWS:

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password