Atividade Delegada atua junto com a Secretaria de Direitos Humanos

Moradores de rua serão levados pela PM à Secretaria

Policiais militares da Atividade Delegada e a Secretaria de Direitos Humanos passaram a atuar em conjunto para tratar a questão dos moradores de rua no município. Segundo o secretário Emerson Pereira, os policiais devem encaminhar essas pessoas até o órgão municipal, que dará sequência ao destino e auxílio.

Emerson esteve ontem pela manhã na Rádio Cidade e, entre os assuntos, comentou sobre a situação. Segundo o secretário municipal, antigamente as pessoas que insistiam em morar nas ruas criavam uma questão muito difícil, já que havia vários perambulando, pedindo ajuda no centro da cidade, e que hoje, praticamente, foi zerado. Apesar disso, medidas ainda estão sendo tomadas. “Estive recentemente com o capitão Fávero da Polícia Militar com uma solicitação para fazermos uma parceria junto à Atividade Delegada e foi aceito, pois ele encaminhou um ofício aceitando”.

Segundo o secretário, hoje o indivíduo que está causando transtorno e é abordado pela PM, é levado à Secretaria de Direitos Humanos, que propõe que ele volte para a sua cidade de origem. “E o município acaba sendo solicito à causa social e banca a passagem para este morador”.

Ainda de acordo com o secretário, caso os indivíduos em situação de rua recusem o retorno para suas cidades de origem, pode ser acolhido em uma das duas entidades de Votuporanga (Casa Abrigo e Mão Amiga) que acolhem estas pessoas. “Aqueles que querem aceitar a ajuda dos Direitos Humanos, vamos fazer o que for possível para ajudá­las”, finalizou. Jociano Garofolo/A Cidade

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password