Até o fim do 2º turno, eleitores só podem ser presos em flagrante

BRASIL – Eleitores não podem mais ser presos até o final do dia das eleições.

Desde essa terça-feira só é possível deter cidadão caso a prisão seja feita em flagrante. A medida está prevista no artigo 236 do Código Eleitoral.

Neste domingo, dia 26 de outubro, 143 milhões de brasileiros aptos a votar vão às urnas para escolher o próximo presidente da República.

Em 13 estados e no Distrito Federal, haverá ainda a escolha dos representantes que vão ocupar o cargo de governador do dia primeiro de janeiro de 2015 até o dia 31 de dezembro de 2018.

O pleito começará às 8 da manhã e terminará às 5 da tarde, respeitando o horário local de cada estado.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password