Assassino de Fabiana Macedo é condenado a 25 anos de prisão 

Maykon Cantilha Toledo foi condenado pelo Tribunal do Júri, no final da tarde desta sexta-feira (8); sentença proferida pelo juiz presidente, Jorge Canil.

O Juiz de Direito da 1ª Vara Criminal do Fórum da Comarca de Votuporanga/SP, Jorge Canil, proferiu a condenação de 25 anos de prisão, em regime fechado, após decisão do Tribunal do Júri, quanto ao julgamento de Maykon Cantilha Toledo, de 30 anos, iniciado às 9h, desta sexta-feira (8). 

O conselho de sentença avaliou a culpabilidade e autoria do réu, acusado de matar a facadas Fabiana Macedo de Oliveira, de 38 anos, em agosto de 2017, no Jardim Barreto, em Valentim Gentil/SP.  

De acordo com à denúncia oferecida pelo Ministério Público, naquele sábado, o acusado agindo por motivo fútil, mediante meio cruel e empregando recurso que dificultou a defesa da vítima em razão da condição de sexo feminino, desferiu golpes de faca em Fabiana, provocando-lhe a morte.  

Relembre o crime  

Em 25 de agosto de 2017, Maykon Cantilha Toledo, desferiu pelo menos 12 facadas na vítima que morreu, ainda dentro da residência localizada no bairro Jardim Barreto, em Valentim Gentil/SP.   

Após o assassinato, o acusado fugiu para o município vizinho, Meridiano/SP, onde foi preso em flagrante e após prestar depoimento na delegacia de polícia de Fernandópolis/SP, foi encaminhado para à cadeia de Guarani D’Oeste/SP, onde permaneceu à disposição da Justiça.  

A arma do crime, uma faca de cozinha foi deixada dentro da residência. À vítima trabalhava em um hotel de Votuporanga.  

0 Comentários

Deixe um Comentário

1 × dois =

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password