Arrastão da polícia encontra sete celulares com presas

Policiais Civis de Rio Preto apreenderam na manhã de sábado, sete celulares e duas porções de maconha que estavam dentro das celas da cadeia feminina de Paulo de Faria.

A operação começou por volta das 6 horas, por determinação do delegado seccional José Mauro Venturelli, a partir de denúncia recebida de que haveriam aparelhos celulares em poder das detentas.

A cadeia tem oito celas e capacidade para 32 presas e, atualmente, está com 95. Quatro seriam integrantes da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC).Foi instaurado inquérito policial na Delegacia de Paulo de Faria para identificar quem entrou com os aparelhos na cadeia, e em posse de quais presas estavam. Os celulares apreendidos serão encaminhados para perícia, que irá identificar as ligações recebidas e efetuadas da cadeia. Há suspeita que os telefones poderiam ser usados para comunicação com detentos de outras unidades.

Segundo o delegado seccional, o caso também será encaminhado à Corregedoria da Polícia, que irá investigar se houve conivência de policiais e agentes penitenciários. As presas foram surpreendidas ainda dormindo e levadas ao pátio, enquanto policiais faziam varredura nas celas. Participaram da ação policiais da Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes (Dise), Delegacia de Investigações Gerais (DIG) e Grupo de Operações Especiais (GOE). (diarioweb.com.br)

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password