Apresentado projeto Paz no Trânsito em Votuporanga

Paz no trânsito, com menos acidentes e, consequentemente vítimas. Este é o objetivo de um plano municipal para reduzir os acidentes no trânsito em Votuporanga. A proposta foi apresentada pelo vereador José Carlos Leme de Oliveira nesta segunda-feira, durante sessão ordinária do Legislativo votuporanguense.

O projeto baseado em números e estudos feitos por órgãos especializados em trânsito aponta a necessidade urgente de se implantar um projeto desta natureza em Votuporanga. Conforme o vereador, existe a necessidade da Câmara, em conjunto com outros segmentos, promovam um amplo debate objetivando a implantação do programa Paz no Trânsito.

Para o vereador,as principais causas determinantes de acidentes de trânsito no Brasil são velocidade excessiva, dirigir sob o efeito do álcool, distancia insuficiente em relação ao veículo dianteiro, desrespeito à sinalização, ausência de espírito comunitário, entre outros.

No cenário mundial, o Brasil ocupa o quinto lugar entre os recordistas em mortes no trânsito, atrás da Índia, China, Estados Unidos e Rússia. Os números de vítimas fatais de acidentes de trânsito apresentados pelos órgãos oficiais dão conta de que 35 mil pessoas morrem ao ano no Brasil, vítimas destes tipos de acidentes, o que representa 95 pessoas mortas ao dia. “O trânsito é a terceira causa de morte do país ficando atrás apenas das doenças do coração e do câncer”, justificou.

Em Votuporanga, segundo o vereador, infelizmente essa realidade não é diferente, pois, todos os dias nos meios de comunicação há registros de acidentes de trânsito ocorrem frequentemente, o que certamente também reflete diretamente nos serviços de atendimentos de saúde pública como o SAMU, UPA e Santa Casa. “Nesse sentido, o Poder Executivo, em parceria com a Câmara de Vereadores, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Santa Casa, autoescolas, Delegacia de Ensino, clubes de serviços, associações, sindicatos, imprensa, Conselho Comunitário de Segurança, Ministério Público, poderiam realizar um amplo debate para apontar soluções visando combater os constantes acidentes de trânsito na cidade, os quais tem tirado vidas humanas e também deixado dezenas de sequelas irreparáveis em pessoas, inviabilizando uma vida normal por conta dos traumas adquiridos.

“O programa Paz no Trânsito que propomos serviria para estabelecer metas a serem cumpridas a curto, médio e longo prazo visando tornar nosso trânsito menos violento e assim sermos modelo para todo o País nesse segmento, a exemplo da área educacional”, apontou o vereador José Carlos.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password