Após seis dias, greve dos bancos termina

Hoje os bancos de Votuporanga e região voltam a funcionar, depois de seis dias de greve. O Comando de Greve chegou a um acordo com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban). Haverá uma reunião na Concha Acústica, em Votuporanga, para explicar a negociação aos profissionais. A Fenaban aumentou o índice de reajuste de 7,35% para 8,5% nos salários e demais verbas, de 8%para9%(2,49% acima da inflação) nos pisos e 12,2% no vale-refeição. A Federação propõe a compensação dos dias parados durante a greve, na forma de uma hora por dia no período de 15 de outubro a 31 de outubro, para quem trabalha seis horas, e uma hora por dia no período entre 15 de outubro e 7 de novembro, para quem atua oito horas. O presidente do Sindicato dos Bancários de Votuporanga, Harley Visoná, disse que a paralisação foi menor em comparação como ano passado.”Em 2013, foram 23 dias fechados. Acredito que o acordo ocorreu, porque se a greve fosse prorrogada, prejudicaria o comércio no Dia das Crianças”, afirmou. Em Votuporanga, 70% das agências ficaram fechadas neste período. Cerca de 150 profissionais aderiram ao movimento. Ontem, a Caixa Econômica Federal não funcionou.

Andressa Aoki
andressa.aoki@diariodaregiao.com.br

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password