Após cinco anos, fernandopolenses voltam a sofrer com “ladrão do capacete”

Depois de cinco anos, Fernandópolis ganhou um novo “ladrão do capacete”.Para quem não se lembra, o apelido foi dado à P.C.B., 49 anos, que vinha realizando vários furtos no comércio de Fernandópolis no início de 2009 e finalmente foi preso pela Polícia Militar após fazer oito vítimas.

Atualmente, um novo sujeito, com os mesmos “modus operandis” do indivíduo detido há cinco anos aterroriza os fernandopolenses, fazendo as mulheres como as maiores vítimas.

De acordo com o relatado pelas vítimas do criminoso à Polícia, o indivíduo faz uma abordagem rápida, com o uso de uma pistola, mediante ameaças e claro, como diz o seu apelido, sempre usando um capacete para cobrir o rosto.

Em alguns casos, o criminoso prendeu as vítimas em cômodos de comércios e residências para roubar utensílios no local do crime.Após o assalto, o sujeito foge em uma moto, tomando rumo ignorado.

O “ladrão do capacete” é descrito pelas vítimas como de cor clara e estatura média e segundo o comandante da PM de Fernandópolis, Capitão Wilson Cardoso Junior, é possível afirmar que o autor de todos os assaltos citados seja a mesma pessoa.

A ação do criminoso ajudou a aumentar os índices de roubos em Fernandópolis no início desse ano. Como anunciado ontem em matéria do RN, os roubos cresceram 25% no município nesse período.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password