Após bater recorde, preço do álcool cai puxado por avanço da safra de cana

Da Redação

Boa notícia para o motorista que tem um carro flex.

O preço do álcool combustível, que no começo do mês estava em dois reais e sete centavos, o maior valor registrado em 2013, começou a dar sinais de fraqueza.

Pesquisa da Agência Nacional do Petróleo indica que, na última semana, o litro foi vendido a dois e reais e cinco centavos, na média do País.

A redução, ainda pequena, já é encarada por especialistas como reflexo da retomada da safra de cana, que pode fazer com que, em mais alguns dias, o etanol volte a ser competitivo, na comparação com a gasolina.

Hoje, com o derivado do petróleo valendo dois e 86, abastecer com álcool não vale a pena em várias regiões, já que combustível rende cerca de 30 por cento menos.

A variação, porém, ainda é grande, e o mesmo etanol vendido a cerca de um e 94 em São Paulo e Mato Grosso sai, em Roraima, a dois e 66.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password