Mesmo sem Seedorf, mas com Rafael Marques! Botafogo vence o Santos!

A partida entre Botafogo e Santos foi marcada pelas ausências. No lado do Glorioso, Seedorf foi vetado do jogo momentos antes do apito inicial devido uma amigdalite. Já do l

ado paulista, o Santos teve seu primeiro compromisso sem o astro Neymar, vendido na semana passada ao Barcelona. Apesar disso, as equipes fizeram uma partida bem equilibrada e, no sufuco, o Botafogo saiu vitorioso por 2 a 1.

 

O resultado colocou o alvinegro carioca na parte de cima da tabela, com quatro pontos. Com o resultado, o time paulista continua na parte de baixo, com apenas um ponto conqustado em duas rodadas.

 

O Botafogo demorou um pouco para engrenar na partida. Mas quando criou liga, marcou logo dois gols. Enquanto os visitantes tentavam na base do toque de bola criar as jogadas ofensivas, sem muito sucesso.

Na próxima rodada, o Glorioso enfrenta o Cruzeiro no Raulino de Oliveira, no sábado, às 16h20. Já o Santos recebe o Grêmio na Vila Belmiro, no mesmo dia e horário.

 

PRIMEIRO TEMPO ELETRIZANTE

 

O jogo começou morno, com as duas equipes se revezando na posse de bola. O Santos, acertando melhor os passes, dominava mais. Porém, aos 14 minutos, a partida mudou de rumo após uma roubada de bola de Lodeiro no meio de campo.

 

O uruguaio acelerou um belo passe para Julio Cesar na esquerda, que tocou novamente para o arremate do camisa 14. O goleiro Rafael defendeu, mas a bola sobrou para Fellype Gabriel que, de cabeça
A partida ganhou novos rumos, com o Botafogo obtendo o controle e quase ampliando o placar em dois lances seguidos. No primeiro, Rafael Marques chutou da intermediária e Rafael mandou , abriu o marcador. A resposta do Peixe veio rapidamente, num cruzamento de Willian José, Cícero cabeceou para uma boa defesa de Renan.

 

para escanteio. Na cobrança, Antônio Carlos acertou uma cabeçada certeira, obrigando o arqueiro santista a fazer uma defesa difícil.

 

O Botafogo permaneceu pressionando o Santos. Aos 21 minutos, Rafael Marques novamente arriscou da intermediária e, com desvio sutil de Durval, encobriu Rafael e foi morrer no fundo das redes. Botafogo 2 a 0.

 

O Santos tentava de todas as formas marcar o primeiro. Pela esquerda, Patito Rodrigues chutou para boa defesa de Renan. Pela direita, após boa jogada de Gualhardo, Willian José finalizou para fora, aos 36 minutos. Depois disso o duelo esfriou, sem os times criarem grandes oportunidades até o fim da etapa.

 

DOMÍNIO SANTISTA NO SEGUNDO TEMPO

 

Assim como no primeiro tempo, o Santos comandava as ações nos minutos iniciais, mas sem assustar o goleiro botafoguense. O embate esfriou com as equipes criando poucas chances. O Peixe, com Galhardo em bela jogada individual pela direita, quase marcou. E Cícero, em belo chute, obrigou Renan a fazer uma boa interferência.

 

A equipe paulista acordou e conseguiu diminuir o placar aos 26 minutos. Após jogada de Neilton pela esquerda, Montillo dribla o goleiro Renan e chuta para fazer o primeiro do time da Baixada Santista.

 

 

Após o gol, a partida ganhou outro rumo, ficando mais agitada, com as equipes criando chances. Mas sem assutar os goleiros. Já nos acréscimos, o Santos quase empatou com Neílton após falha do lateral Lucas, porém, o goleiro Renan conseguiu salvar. Sem tempo para mais nada, a partida terminou com a vitória do Botafogo por 2 a 1. Alegria do Alvinegro carioca que conseguiu sua primeira vitória no Brasileiro.

 

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 2 X 1 SANTOS

 

Local: Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ)
Data/hora: 29/5, às 19:30h (de Brasília)
Árbitro:
 Jaílson Macedo Freitas (BA)
Auxiliares: Luiz Carlos Silva Teixeira (BA) e Elicarlos Franco de Oliveira (BA)
Cartões Amerelos: Durval (SAN)
Cartões Vermelhos: –
Público/Renda: 2.344 presentes/R$ 37.945,00

Gols: Fellype Gabriel, 14’/1ºT (1-0); Rafael Marques, 21’/1ºT (2-0); Montillo, 26’/2ºT (2-1)

BOTAFOGO: Renan, Lucas, Bolívar, Antônio Carlos e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Gabriel, Lodeiro (André Bahia – 44’/2ºT), Andrezinho (Renato – 25’/2ºT) e Fellype Gabriel (Vitinho – 13’/2ºT); Rafael Marques –  Técnico: Oswaldo de Oliveira.

SANTOS: Rafael, Galhardo, Gustavo, Durval e Emerson Palmieri; Renê Júnior (Neilton – 14’/2ºT), Arouca, Cícero e Montillo; Willian José e Patito (Gabigol – 18’/2ºT) – Técnico: Muricy Ramalho.


Créditos:Lancenet!

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password