Apenas 2% dos moradores contribuem com os Bombeiros

O Corpo de Bombeiros de Votuporanga realiza desde o início desde ano, por meio do Febom (Fundo Especial de Bombeiro), a campanha de contribuição espontânea, que visa arrecadar recursos para aquisição de equipamentos para o posto local. Até o momento, o município contribuiu com R$11.803,33, o que corresponde a 2% do esperado, caso todos colaborassem.

Para o tenente Alex Brito de Moura, comandante do posto local, a campanha foi bem divulgada. “Acredito que algumas pessoas não notaram a lâmina da contribuição, que fica no final do carnê do IPTU. Provavelmente, muita pessoa que for pagar a última parcela do imposto, vai contribuir”.

A intenção é adquirir equipamentos de mergulho, boneco para treinamento, desencarcerador para a retirada de vítimas de acidentes e equipamentos para captura de animais. Para comprar um conjunto de desencarcerador, por exemplo, gasta-se aproximadamente R$200 mil.

Estes equipamentos novos garantem mais segurança ao bombeiro e à vítima. Por isso, a campanha continua em 2013.

Brito lembrou que para uma cidade ter Corpo de Bombeiros, é firmado um convênio entre a Secretaria de Segurança Pública do Estado e a Prefeitura, para que juntos mantenham em funcionamento o serviço. Além disso, o município pode cobrar uma taxa especial que seja destinada aos bombeiros, o que não acontece em Votuporanga. “Aqui, preferimos que a contribuição seja voluntária, não obrigando ninguém a pagar”, explicou.

O posto de Bombeiros de Votuporanga atende ainda mais 13 municípios, com um efetivo de 31 militares, que socorrem em média cinco ocorrências por dia.

Conquistas

Neste ano, o Governo do Estado enviou equipamentos de respiração para o Corpo de Bombeiros; o Ministério Público de Cardoso-SP destinou uma embarcação; o Juizado Especial Criminal de Votuporanga destinou R$45 mil; a empresa Schahin doou equipamentos de altura; há uma condenação em primeira instância pela Justiça do Trabalho, que deve destinar R$100 mil, mas ainda encontra-se em recurso; Prefeitura e Estado enviaram roupas de proteção e combate à inocência;
e um caminhão foi doado pela Prefeitura.

 

Reforma

O posto local dos bombeiros passa por uma reforma, conquistada por meio de parceira com a empresa Noble, que destinou R$615 mil para a obra. São 450 m² de área construída, que contará com alojamentos feminino e masculino, sala de atendimento e despacho de ocorrências, cozinha, refeitório, sala de convivência, oficina, sala de descontaminação e lavanderia.

Brito destacou que a Noble tem investido em vários setores da cidade, especialmente em postos de saúde. “Fizemos uma reunião e apontamos as nossas necessidades à empresa, que nos atendeu. Foi uma conquista muito grande, que vai melhorar 100% nossas condições de trabalho”.

A obra deve durar seis meses, a contar de novembro. Depois disso, o Corpo de Bombeiros vai continuar as buscar por parcerias que novas reformas aconteçam. A intenção é que o Posto conte futuramente com sala de aula, academia, piscina e centro de instrução.

Por enquanto, os bombeiros utilizam o refeitório da Airvo (Associação Industrial da Região de Votuporanga), que foi cedido. A partir da próxima semana, o local será usado também como alojamento até o final da obra. O atendimento continua no posto, na avenida José Marão Filho, 4266, São Judas Tadeu, telefone 193.

Leidiane Sabino

leidiane@acidadevotuporanga.com.br

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password