AMOP se posiciona contra a instalação de pedágios na SP-320

O presidente da AMOP – Associação dos Municípios do Oeste Paulista, Liberato Rocha Caldeira, se posicionou contrário à instalação de praças de pedágios na rodovia Euclides da Cunha e já prepara uma mobilização contra o governo do Estado de São Paulo.

Segundo ele, a SP-320 não comporta esse tipo de cobrança aos usuários, já que havia uma promessa de políticos, como os tucanos Geraldo Alckmin e José Serra, de que a rodovia não seria pedageada.

Liberato até concorda que deve ser instalado um pedágio na Ponte Rodoferroviária, divisa com o Estado do Mato Grosso do Sul, com balança, Posto Fiscal e até uma Base da Polícia Rodoviária, algo que falta lá, mas para cá não comporta pedágio em lugar nenhum.

“Vamos mobilizar quem for preciso e não vamos deixar implantar praças de pedágio ao longo da rodovia, são cidades, umas próximas das outras”, concluiu.

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password