Ameaças de ataques criminosos colocam polícia em alerta

O Comando da Polícia Militar do Estado de São Paulo expediu um comunicado à toda população e a seu efetivo sobre possíveis ameaças de ataques por parte de facções criminosas em várias partes do estado.

Em Votuporanga, todas as unidades policiais de patrulhamento de rua e do Corpo de Bombeiros estão em alerta, pois existem fortes indícios de ataques criminosos em várias regiões da capital, grande São Paulo e do interior.

A reportagem do Votunews teve conhecimento de que as bases policiais, viaturas e o seu efetivo estão de sobre aviso a respeito dessa onde de ameaças contra os policiais militares e a própria comunidade.Todos estão orientados a seguir com muita cautela e segurança durante o patrulhamento.

Conforme o comunicado do Comando da Polícia Militar, informa os policiais sobre qualquer situação de risco a que estejam expostos dentro ou fora de serviço.

Durante a noite e madrugada (21 e 22), além do contingente regular, o Comando da Polícia deslocou para a Zona Sul e Leste um grande contingente da ROTA, CHOQUE e COE: 253 policiais militares, 5…7 viaturas e 20 motos.  Todas as patrulhas em serviço estão com orientação de conduta de segurança especial, com atendimento de ocorrência em pares de viaturas e cautelas redobradas no atendimento de ocorrências e na aproximação de veículos, motos e pessoas suspeitas.

Sobre os recentes episódios envolvendo policiais e criminosos, a Polícia esclareceu que não houve nenhum assassinato de PM em serviço em 2012 sendo certo que as mortes registradas ocorreram em situações de folga surpreendidos durante exercício de atividade extracorporação (bico). • Policiais Militares de folga que tentaram intervir em ocorrências de roubo contra terceiros. • Policiais Militares de folga surpreendidos por marginais em via pública. •

Para o comando da PM, até o momento não há nada que indique que estes crimes covardes sejam ação orquestrada por facção criminosa ou que seja represália à ação legítima da Polícia Militar. Toda a estrutura do Departamento de PM Vítima da Corregedoria e o DHPP estão trabalhando juntos para que os autores sejam rapidamente identificados e presos. “Vários casos registrados estão prestes a serem esclarecidos e a Polícia Militar não vai descansar enquanto os responsáveis não forem identificados e presos”, diz a nota.

O Comando ainda traz orientações de atenção e segurança a todas as equipes de serviço, aumentando ainda mais o esforço de prevenção e o grau de proteção dos policiais militares e de suas instalações. A Polícia Militar se mantêm firme na missão de proteger as pessoas, fazer cumprir as leis, combater o crime e preservar a ordem. Nós envergamos uma farda que nos identifica como a força de proteção da sociedade. Nossa própria segurança é cuidada por cada Policial Militar que trabalha dia e noite no Estado de São Paulo”, assina o comunicado Roberval Ferreira França –  Comandante Geral da PM.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password