Alvinegra faz estreia na 2ª fase contra a Ferroviária

Votuporanguense de Marcelo Henrique Dias está confiante para jogo de hoje na competição, às 10h, no Estádio Plínio Marin

Vida nova na Copa Paulista. É isso que esperam a Pantera Negra na segunda fase da competição, que começa hoje, às 10h, no Estádio Plínio Marin, na partida contra a Ferroviária, de Araraquara. Jogadores e comissão técnica estão animados após o trabalho realizado durante a semana e esperam fazer bonito em casa, readquirir a confiança do torcedor e superar os erros.

O treinador Marcelo Henrique Dias disse ao A Cidade que ele, bem como o elenco, estão confiantes para uma boa apresentação dentro de casa, algo que o time está devendo na competição. A aposta do treinador se deve à qualidade e bom desempenho do time durante os treinamentos no meio da semana. Segundo ele, o moral está elevado.

O fato é que, mesmo tendo se classificado com uma derrota, na última rodada da primeira fase, e atingido a vaga com um tropeço do Mirassol, o avanço na competição “lavou a alma” do elenco. Tendo superado o trauma de passar de fase, algo que não acontecia desde 2012, na Segunda Divisão, a tendência é que a Alvinegra jogue de maneira mais leve nos próximos jogos. E com isso, fazer as pazes com a torcida hoje, é fundamental.

Isso porque no Estádio Plínio Marin o time conquistou apenas uma vitória na competição, a estreia contra o Comercial, e gols em final de partida irritaram a torcida que, historicamente, é conhecida por ser bastante exigente. O técnico Marcelo Henrique apontou as falhas que devem ser corrigidas pelo time. “Acredito que nós tivemos um bom desempenho fora de casa, mas ainda temos que melhorar quando jogamos nos nossos domínios e fazer valer o mando de campo. Em quatro partidas da primeira fase nós perdemos jogadores que foram expulsos, portanto, precisamos entrar mais concentrados a partir de agora para não cometer os erros decisivos”, declarou Marcelo Henrique.

O adversário pode ser considerado uma “pedra na chuteira” para o time. Jogando contra a Ferroviária na primeira fase foram duas derrotas, 1 a 0 em Araraquara e 3 a 2 de virada, dentro de casa.

Analisando a segunda fase, o treinador falou sobre o equilíbrio do grupo 7, que além de CAV e Ferroviária conta com Atlético Sorocaba e Independente de Limeira. “Estamos em um grupo difícil, mas que ao mesmo tempo é nivelado. Todas as equipes têm condições de avançar no torneio. Além disso, somos o único time do grupo que está na Série A3, e, por isso, nosso clube pode ser considerado o franco atirador”, concluiu Marcelo Dias.

Como já anunciado anteriormente, a Alvinegra vai a campo Cairo; Manjinha, Caio César, Paulo Henrique e Canhoto; Jordã, Paulinho e Victor Palito; Adílson Bahia, Léo e Anderson Cavalo. O time é o mesmo que entrou domingo contra o Botafogo, com exceção de Léo na vaga de Romário, que cumpre suspensão, após ter sido expulso. Jociano Garofolo/A Cidade

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password