Alunos da Rede Municipal participam do Dia D da campanha Maio Amarelo 

Ação foi realizada na manhã desta sexta-feira (17/05), no Parque da Cultura. 

No ‘Dia D’ da Campanha de Educação no Trânsito pelo Movimento Maio Amarelo em Votuporanga, na manhã desta sexta-feira (17), o Prefeito João Dado, acompanhado pela Primeira-dama e Presidente do Fundo Social de Solidariedade, Mônica Pesciotto de Carvalho, recepcionou e orientou alunos do Ensino Fundamental da Rede Municipal de Ensino, no Parque da Cultura. O evento, coordenado pela Secretaria de Trânsito, Transporte e Segurança, contou com a participação de representantes da Polícia Militar, SAMU e Corpo de Bombeiros. 

Os alunos receberam de maneira simbólica apostilas educativas sobre educação no trânsito que serão trabalhadas em sala de aula durante o ano letivo. Além disso, os estudantes participaram da ‘transitolândia’, atividade que contou com orientações de agentes de trânsito que ofereceram noções de semaforização e sinalizações, e da ‘caminhada do trânsito’. A partir de segunda-feira (20/05), os profissionais ministrarão palestras no Ensino Fundamental da Rede Municipal de Ensino. 

Durante o evento do ‘Dia D’, o Prefeito João Dado afirmou que “nós precisamos do apoio de todos para que Votuporanga se torne uma cidade consciente de que no trânsito somos todos pedestres e que temos que parar na faixa de pedestre. Estamos engajando 5 mil fiscais das escolas municiais, que vão fiscalizar e se precisar irão ‘multar os pais’. Nós estamos fazendo uma campanha educativa para que juntos façamos um trânsito mais seguro”. 

O Secretário Municipal de Trânsito, Transporte e Segurança, Jair de Oliveira, falou sobre o aumento da frota de veículos em Votuporanga e conscientizou sobre os cuidados que devem ser tomados no trânsito. “Pedestre sempre tem preferência no trânsito, devemos parar para ele passar. Dessa forma, o trânsito vai ficar mais respeitoso e gentil”. Já o Diretor de Transportes da Secretaria de Trânsito, José Ferrari Neto, apresentou os materiais elaborados para as ações da campanha que neste ano, tem como tema “No trânsito, o sentido é a vida”, e reforça a ação desenvolvida no Município denominada de “4P – Pare Para o Pedestre Passar”.  

O Tenente Alexandre Marques, da Polícia Militar de Votuporanga, reforçou que a palavra-chave é ‘Educação’. “Oriento sempre para quem parem na faixa de pedestre. Nós temos que fazer a nossa parte e sermos exemplo. Isso é educação e traz muitos benefícios, como redução do número de acidentes. As estatísticas mostram que os acidentes ocorrem com mais frequência entre 11h às 13h e 17h às 18h30, que é o horário que os trabalhadores saem e voltam do trabalho. Nós precisamos falar sobre trânsito e conscientizar, precisamos propagar a mensagem. Vamos evitar que aconteçam acidentes com a gente e com o próximo, não vamos ficar desatentos no trânsito”, afirmou. 

O coordenador médico do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) de Votuporanga, Chaudes Ferreira da Silva Junior, falou sobre os reflexos que os acidentes de trânsito causam nos atendimentos da saúde. 

Campanha 

A campanha está sendo realizada pelo quinto ano consecutivo na cidade e faz parte de um convênio entre a Prefeitura, Governo do Estado de São Paulo e Detran SP (Movimento Paulista de Segurança no Trânsito). 

Vale destacar que neste ano a Campanha de Educação no Trânsito pelo movimento Maio Amarelo tem custo zero para o Município, já que toda a verba investida foi repassada pelo Estado. 

O movimento 

O Movimento Maio Amarelo nasce com uma só proposta: chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo. O objetivo do movimento é uma ação coordenada entre o Poder Público e a sociedade civil. A intenção é colocar em pauta o tema segurança viária e mobilizar toda a sociedade, envolvendo os mais diversos segmentos: órgãos de governos, empresas, entidades de classe, associações, federações e sociedade civil organizada para, fugindo das falácias cotidianas e costumeiras, efetivamente discutir o tema, engajar-se em ações e propagar o conhecimento, abordando toda a amplitude que a questão do trânsito exige, nas mais diferentes esferas. 

Assim como em 2018, o tema escolhido propõe o envolvimento direto da sociedade nas ações e uma reflexão sobre uma nova forma de encarar a mobilidade. Trata-se de um estímulo a todos os condutores, seja de caminhões, ônibus, vans, automóveis, motocicletas ou bicicletas, e aos pedestres e passageiros, a optarem por um trânsito mais seguro. 

0 Comentários

Deixe um Comentário

dezesseis − 3 =

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password