Alunos aprendem a fazer papel reciclado em Laboratório de Ciências

“Projeto Explorando e Aprendendo – Descobrindo Ciências” prevê a realização de atividades educativas diferenciadas; objetivo é que todas as escolas participem

A Secretaria Municipal da Educação de Votuporanga, visando à ampliação das práticas pedagógicas, oferece às crianças e jovens, ampla oportunidade para vivenciarem os aspectos de cidadania e prepará-los para o mundo de trabalho e construção de uma sociedade mais justa e sustentável através do projeto “Explorando e Aprendendo – Descobrindo Ciências”.

O projeto prevê visitas de alunos de todas as escolas públicas municipais no Laboratório de Ciências que fica no Polo da UAB (Universidade Aberta do Brasil) para a realização de atividades educativas especiais, como, por exemplo, a confecção de papel reciclável. O ambiente é propício para fomentar a construção do conhecimento científico, investigação dos fenômenos naturais e sociais, através de atividades experimentais, propiciando o desenvolvimento da linguagem oral e escrita, e a interdisciplinaridade entre os conteúdos abordados em sala de aula, atendendo aos objetivos do Ensino Fundamental.

Segundo a coordenadora, Maria das Graças Morini, “essa interação entre aluno e escola é modificada, pois na escola o material é passado ao aluno de forma teórica e a partir agora os alunos podem ter aulas práticas em um ambiente completamente oportuno para essas atividades”.

Todas as aulas práticas são voltadas para a produção, disseminação, socialização do conhecimento científico e preservação ambiental, tendo como foco o desenvolvimento de ações educativas centradas na integração, desenvolvimento de ambientes educativos diferenciados como parte da Escola de Tempo Integral, numa perspectiva de oferta de Educação Integral.

Para o responsável pelas atividades no Polo da UAB, Maurício Simonato, “ao trazer as crianças para esse ambiente diferente e interativo, há a criação de um instinto de curiosidade nas crianças e isso desperta o interesse no conhecimento, que até então, acontecia somente através de livros”.

A secretária da Educação de Votuporanga, Silvia Cristina Rodolfo, acredita que o ambiente interativo possa despertar nas crianças um lado científico voltado para a sustentabilidade. “Na aula onde as crianças aprendem tudo sobre a fabricação do papel reciclado, por exemplo, elas levam para suas casas hábitos de reciclagem e até mesmo uma ‘receita’ sobre como fabricar o papel de forma simples, com utilização de apenas um liquidificador que pode ser manuseado até mesmo pelos pais. É uma forma de envolver não só a criança e o jovem como também toda a família”.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password