Alambrado do Bosque Municipal cai e preocupa moradores em Rio Preto

Local está sem segurança e moradores têm acesso as jaulas dos animais. Secretaria do Meio Ambiente trabalha na manutenção dos reparos.

As visitas ao Bosque Municipal em São José do Rio Preto (SP) continuam suspensas por tempo indeterminado, por conta de uma tempestade que derrubou algumas árvores e deixou o local impedido de receber visitas. Além de não poder usar o lugar para visitar os animais, moradores que vivem próximo estão preocupados. O alambrado, que fica nos fundos do zoológico, caiu e oferece riscos à população.

Do lado de fora ainda é possível perceber os estragos provocados pelo temporal que atingiu o zoológico de Rio Preto há 10 dias. O vento forte derrubou várias árvores muitas delas de grande porte e que foram arrancadas pela raiz. Alguns galhos estão soltos e ainda ameaçam cair.

Em outro ponto do zoológico dá para perceber mais estragos. Nos fundos do zoológico, como as árvores caíram o alambrado ficou destruído. Uma situação de risco já que qualquer pessoa pode entrar e ter acesso livre as jaulas dos animais.

O aposentado João Batista mora ao lado do zoológico e está preocupado com a situação “A gente pode ser atacado por algum bicho que não conhece e até mesmo entrar gente estranha no lugar e fazer algum mal”, diz Batista.

O aposentado reclama que até agora nada foi feito para que os estragos fossem reparados. “Já tinha que ter feito algo, está demorando muito. Não sei por que demora tanto desse jeito para poder arrumar. A gente percebe que ninguém esta ligando para o que aconteceu e do jeito que está não podemos nem andar na calçada”, afirma Batista.

Do lado de fora do Bosque há um aviso, escrito à mão pelos próprios funcionários, que diz que por questões de segurança e obstrução do espaço o local ficará fechado até a conclusão dos serviços de reparo. Muita gente que busca de lazer acaba ficando frustrada.

Para o torneiro mecânico Vinícius Nunes, que veio com a família, terão que voltar para casa sem curtir o passeio. “Cheguei aqui e fui surpreendido é uma situação chata porque as crianças querem ver os bichos, mas não teve como”, comenta Nunes.

Já o motorista Marcelo Ferreira veio deVotuporanga (SP) com a família e encontrou o zoológico fechado “Eu não sabia que estava interditado. As crianças queriam entrar, mas agora vamos procurar outro lugar para o passeio”, afirma Ferreira.

O local possuí 67 jaulas, que abrigam 500 animais de 127 espécies. A prefeitura não soube informar se animais terão de sair do zoológico por causa dos estragos causados pela chuva. A assessoria de imprensa da prefeitura informou que a Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Urbanismo  é quem faz a manutenção no local e que os reparos serão realizados, mas ainda não tem uma data limite para o término dos trabalhos. A prefeitura afirma que tem vigilantes para cuidar do Bosque. G1

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password