Agências bancárias de Votuporanga investem na segurança

No último domingo, o programa Fantástico exibiu uma reportagem, onde mostrava bandidos furtando malotes do interior de agências bancárias em várias partes do país.

 

A arma usada pelas quadrilhas era a distração dos funcionários.

 

Todas as ações eram praticadas em pleno horário do expediente bancário. Em alguns casos, membros da própria quadrilha se incumbiam de distrair a atenção dos atendentes enquanto os outros agiam rapidamente. Quando a ação era notada, já era tarde.
Nos últimos quatro anos, nenhuma agência bancária foi furtada ou roubada em Votupo-ranga. Importante salientar que a reportagem não levou em consideração roubos em caixas eletrônicos instalados em quiosques fora das agências. 

Agências na cidade
A reportagem procurou algumas agências bancárias de Votuporanga para falar sobre a segurança interna das instituições financeiras. O banco Itáu/Unibanco destacou, através de sua assessoria de imprensa, que não há registro desse tipo de furto em nenhuma agência do Itaú na cidade. 
De acordo com a nota, a segurança de colaboradores, de clientes é uma preocupação constante do banco. Por isso, as agências têm procedimentos rígidos de controle e restrição de entrada nas áreas de tesouraria, que são vedadas a pessoal não autorizado por mecanismos de segurança específicos. 
E, funcionários das agências, são treinados regularmente e instruídos a observar rigorosamente os procedimentos de segurança para entrar e sair das tesourarias. A instituição também informa que investe em constante treinamento, mantém uma central de monitoramento de agências que funcionam 24 horas por dia, sete dias por semana, com acompanhamento das imagens dos pontos de atendimento do banco em tempo real.

Caixas eletrônicos
Em junho de 2011, quatro assaltantes armados invadiram o campus de um centro universitário na cidade e roubaram o dinheiro de um caixa eletrônico, utilizando um maçarico. O valor roubado não foi divulgado pelo banco. Quatro seguranças, que protegiam o campus, foram rendidos e tiveram os punhos e pernas amarrados pelos criminosos. 
No dia 30 de abril, assaltantes levaram R$ 180 mil de um caixa eletrônico que ficava no estacionamento de um supermercado da cidade. A quadrilha quebrou a porta de vidro e bloqueou o sensor do alarme para não chamar atenção da polícia. Ninguém foi preso.
Dez dias antes, o mesmo tipo de ocorrência foi registrada, dessa vez em um equipamento do Banco do Brasil instalado na Praça São Bento. A ação é sempre a mesma, bandidos furaram a parte de trás do equipamento, com brocas especiais e tiveram acesso ao compartimento onde fica o dinheiro.
A última ação registrada em caixas eletrônicos na cidade aconteceu em agosto do ano passado. A Polícia Militar foi acionada por um usuário que iria realizar um saque. O valor levado não foi informado.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password