Adolescente de 12 anos que agrediu professor é apreendido

 

S. J. DO RIO PRETO – A Vara da Infância e Juventude de Rio Preto determinou na manhã desta terça-feira (dia 22) a apreensão do adolescente de 12 anos que agrediu um professor da Escola Estadual Bento Abelaira Gomes há duas semanas.

Esta é a segunda apreensão realizada. Na última quinta-feira (17) outro adolescente, 16 anos, também foi recolhido e encaminhado a Central de Flagrantes pelo mesmo motivo.

A ordem expedita pelo juiz Evandro Pelarin, foi cumprida pela Polícia Militar por volta das 7h30. O adolescente foi detido quando ainda estava em sua casa, no bairro Jardim Nunes.

Familiares acompanharam o menor até a Central de Flagrantes onde ele permanecerá apreendido e será apresentado na Vara da Infância e Juventude ainda hoje. A dona de casa V.B., tia do adolescente, diz que concorda com a ação tomada.

“É difícil como membro família achar justa a prisão de um parente, mas eu achei correta a decisão da justiça e que isso sirva de lição. Ele em casa não é um garoto agressivo e já demonstra um grande arrependimento pelo ato que praticou. Quando a viatura chegou e parou em frente de casa, ele ficou com muito medo, abraçou meu pai e pediu para não ser levado. Mas é a lei e ela tem que ser cumprida” disse a tia.

Ainda segundo a tia, a mãe do garoto está ausente, pois estaria viajando e a família não conseguiu contato com ela. Também afirmou que já procuraram ajuda no Centro de Atenção Psicossocial (Caps), mas o adolescente se recusava a ir às consultas.

Entenda o caso

No último dia 11, o professor A.C.M.F., 30 anos, foi agredido pelo adolescente. Segundo depoimento do docente, enquanto ele fazia a chamada dos alunos do 7ª ano o garoto, que é de outra turma, invadiu a sala e deu um tapa contra as costas do professor. Em seguida, o agressor aplicou uma gravata contra o docente.

O professor conseguiu se soltar e ao questionar o motivo das agressões, o adolescente apenas riu e se retirou da sala. A inspetora de alunos foi comunicada dos fatos e apenas advertiu o adolescente.

O docente então procurou a Central de Flagrantes e registrou a ocorrência de lesão corporal contra o menor.

Segunda apreensão

O adolescente de 12 anos é o segundo aluno da Escola Estadual Bento Abelaira Gomes a ser apreendido em um intervalo de cinco dias. Na última quinta-feira (dia 17) a Vara da Infância e Juventude determinou a apreensão do adolescente de 16 anos. O adolescente é acusado de dar uma voadora contra um professor de 59 anos.

De acordo com o registro policial, o docente estava explicando o conteúdo da matéria para alunos do segundo ano do ensino médio quando advertiu o agressor que estaria fazendo o uso do aparelho celular em sala de aula, o que é proibido pelas normas da instituição.

Diante da recusa do aluno para desligar a ligação, o professor procurou a direção e relatou sobre o ocorrido. Ao retornar a sala o docente foi surpreendido pelo estudante que lhe aplicou uma voadora, e em seguida, desferiu vários socos contra o professor.

As agressões só foram interrompidas, pois outros alunos seguraram o adolescente. O docente sofreu uma lesão na coluna e ficará afastado de licença médica por pelo menos sete dias.

A ordem também foi expedita pelo juiz Evandro Pelarin e o adolescente em questão já tinha passagem por tráfico de droga e estava em liberdade assistida. Após prestar esclarecimentos o menor retornou ao regime de internação da Fundação Casa.

Gazeta de Rio Preto

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password