Adolescente confessa que matou mulher transexual a pauladas

Dois homens foram presos e um adolescente de 16 anos foi apreendido nesta quinta-feira (29), suspeitos de envolvimento na morte da transexual Emanuelly Castro, de 36 anos, em Cedral (SP).

Segundo a Polícia Civil, os três confessaram o crime. O adolescente disse que matou a vítima a pauladas, enquanto um dos envolvidos roubou os pertences dela. O outro suspeito afirmou que não teve participação no crime, apenas presenciou os fatos.

O caso está sendo investigado como latrocínio, pois os bandidos fugiram levando o celular e o dinheiro da vítima. Os três prestaram depoimento na delegacia e aguardam à disposição da justiça.

O corpo de Emanuelly foi encontrado na segunda-feira (26), em uma tubulação de esgoto, que fica ao lado de uma mata, em Cedral. A vítima foi localizada por pessoas que passaram próximo a mata e acionaram a Polícia Militar.

De acordo com o delegado da Polícia Civil, ela foi vista pela última vez em um bar da cidade, quando recebeu uma ligação e foi embora do local. A princípio o corpo não aparentava sinais de violência, tinha apenas um ferimento na testa.

O laudo deverá apontar a causa da morte. A polícia investiga ainda se os suspeitos teriam feito um programa sexual com a vítima antes de matá-la.

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password