Acusados de cortarem pênis de idoso são presos

REGIÃO – O avô e o pai da menina que teria sido abusada sexualmente por um caseiro num rancho à beira do rio cachoeirinha, em Severínia, foram presos preventivamente pelas polícias Civil e Militar no início da noite de ontem (17/5). 
As prisões foram decretadas pelo juiz da 3.ª vara de Olímpia, Eduardo Luiz de Abreu Costa.

“Fizemos um trabalho de investigação onde a vítima do decepamento e uma testemunha reconheceram o Jean Carlos e seu pai Carlos Roberto, como sendo as pessoas que o procuraram no sítio onde trabalhava. Depois do convencimento que eles eram realmente os autores do crime, pedimos na justiça a prisão preventiva de ambos. Houve a concordância do Ministério Publico e posteriormente a expedição do mandato pelo Juiz”, explicou o delegado responsável pelo caso Marcelo Puppo de Paula, ao site comarcaweb.

Diante dos fatos, na tarde da sexta-feira, 16, em uma ação conjunta da Polícia Civil, Polícia Militar e Guarda Municipal, os comerciantes de Severínia foram presos.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password