Acusado de matar Ricardinho é condenado a 21 anos de prisão

O réu Washington da Silva Sousa foi condenando a 21 anos de prisão – sendo 18 anos por homicídio e três anos e 10 dias por porte de arma de fogo – acusado de matar a tiros Ricardo J. da Silva Ruiz, vulgo “Ricardinho” – crime ocorrido em dezembro de 2012. 

A sentença foi proferida na tarde desta terça-feira, pelo juiz Jorge Canil, presidente do Tribunal do Júri de Votuporanga. Além da pena aplicada, o réu também terá de pagar uma multa equivalente a 50 salários mínimos.
O CRIME
No dia 3 de dezembro, por volta das 16h30, dois indivíduos deslocaram até a residência da vítima. Um deles ficou sobre uma moto, enquanto o comparsa,  com duas armas, sendo um revólver calibre 38 e uma pistola ponto 45, ficou escondido próximo ao muro.
Um dos homens teria chamado o rapaz que, ao sair para ver quem o chamava, foi atingido por três tiros. Em seguida, os suspeitos fugiram. Vizinhos acionaram socorro médico e também a Polícia Militar.
Ruiz chegou a ser socorrido pela Unidade de Suporte Avançado (USA) do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). Socorristas realizaram manobras de ressuscitação no paciente, que foi encaminhado até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas não resistiu aos ferimentos.
Equipes da PM passaram a fazer patrulhamento em busca dos acusados. Policiais da Rocam (Ronda Ostensiva Com Apoio de Motocicletas) avistaram a dupla em fuga,  próximo à Vila Carvalho.
Houve perseguição e Sousa, suspeito de ter cometido o crime, foi detido. Com ele foram localizadas duas armas. Ao ser questionado, o acusado teria afirmado que cometeu o crime por estar sendo ameaçado pela vítima.  Fotos: Alex Pelicer A Cidade

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password