Acusado de matar ex-marido de namorada está na Cadeia

Está recolhido na Cadeia Pública de Votuporanga o acusado de ter assassinado a golpes de faca e facão o pedreiro Leandro Custódio de Melo, 35 anos, morto brutalmente no último domingo.

O acusado Thiago Maranho Fernandes, 27 anos, se entregou à Polícia na noite desta segunda-feira, e está à disposição da Justiça na Cadeia Pública de Votuporanga.

Segundo informações colhidas pela reportagem do votunews.com.br, o acusado teria se entregado acompanhado de sua mãe, sem a presença de um advogado. Logo após se entregar no Plantão Policial, ele prestou depoimento à delegada de Policia Edna Rita Freitas, e posteriormente, recolhido à cela.

Conforme informações, a Justiça decretou o pedido de prisão preventiva do acusado que deverá ser transferido para o Centro de Detenção Provisória de São José do Rio Preto.

 

O crime

Leandro  homem de 35 anos de idade foi morto a golpes de faca e facão, no início da tarde de ontem no bairro Pinheiros, zona Oeste de Votuporanga.

Segundo testemunhas, Leandro Custódio dos Santos, foi agredido pelo amásio da ex-mulher, quando esteve na frente da casa dela para buscar as crianças para passar o final de semana com ele. Vizinhos contaram que, do lado de fora, ele gritou que queria ver os filhos. Ao começar a discussão com a ex-mulher, o namorado dela, Thiago Maranho Fernandes, saiu de dentro da casa.

Armado, ele teria atacado a vítima com o primeiro golpe de facão na cabeça e facadas na barriga. Um dos moradores da rua disse que depois de várias perfurações, a vítima tentou correr, mas o agressor a seguiu por uns 20 metros, a fim de consumar a execução. O crime bárbaro deixou os moradores do bairro impressionados.

Uma dona de casa que presenciou a cena, disse que viu quando a vítima ainda agonizava, caída na calçada até a chegada do Samu. Ele foi socorrido, mas morreu antes de chegar ao Pronto Socorro.

Segundo informações de familiares, Leandro Custódio dos Santos ficou casado durante 12 anos, com a ex-esposa, e há dois anos estavam separados.

Deste relacionamento, o casal teve quatro filhos. As crianças não estavam em casa na hora do crime. A polícia esteve no local, minutos depois do assassinato, mas o suspeito havia fugido.

Thiago Maranho Fernandes tentou evadir-se numa moto, mas não consegui fazer a travessia na rodovia Péricles Bellini que está em obras. Ele abandonou o veículo às margens da pista e se escondeu em um matagal do córrego Boa Vista. A moto foi apreendida. Na tarde de ontem, um irmão da vítima voltou no cenário do crime e ameaçou vingar-se.

As investigações estão sendo feitas pelo Primeiro Distrito Policial. Segundo a Polícia Militar o rapaz ainda continua foragido.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password