Acusado de matar aposentado em Araçatuba é preso pela PM em Valparaíso

O auxiliar de serviços gerais João Fonseca de Almeida, 26 anos, conhecido como Joãozinho, foi preso no início da madrugada desta quarta-feira (15), em Valparaíso, acusado de matar o aposentado Fred Wilson do Nascimento Peralta, 42 anos.

O crime aconteceu no início da madrugada de ontem na rua Manoel Balthazar Sobrinho, bairro Umuarama, em Araçatuba. A vítima foi morta a facadas.

ABORDAGEM

Almeida foi preso pela Polícia Militar durante uma abordagem no cruzamento da rua Rui Barbosa com avenida Manoel Parada de Carvalho, no centro de Valparaíso.

Após ser reconhecido, o acusado teria confessado o homicídio aos policiais. O suspeito foi transferido nesta madrugada para a DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Araçatuba, unidade que fica no mesmo predio do plantão policial.

Almeida disse que não se arrepende de ter praticado o crime. Assista abaixo vídeo com entrevista exclusiva concedida pelo acusado ao portal de notícias Ata News, logo após a chegada dele na delegacia.

Ele prestaria depoimento ao delegado de polícia Paulo Natal, assistente da DIG durante a madrugada e poderia ser transferido para a cadeia de Penápolis nesta quarta-feira. Por meio de consulta dos documentos do acusado, a polícia apurou que ele estaria foragido da Justiça do Mato Grosso do Sul.

No entanto, até às 3h, a DIG tentava confirmar a informação e obter mais detalhes sobre o crime e a procedência do mandado de prisão que estaria em aberto contra o acusado.

“Estamos trabalhando no interrogatório sobre o crime cometido em Araçatuba e em busca de informações sobre este mandado de prisão que constou em pesquisa de seus antecedentes criminais”, disse o delegado Paulo Natal.

O CRIME

O homicídio ocorreu no quintal de uma residência na rua Manoel Balthazar Sobrinho. Conforme o que foi apurado, o aposentado teria sido atingido por ao menos duas facadas, uma no braço esquerdo e outra o pescoço.

Conforme as primeiras informações, Almeida teria ido ao local, supostamente, para comprar droga e teria tido uma discussão com a vítima, que já estava na casa.

Após atingir Peralta, o acusado alega ter fugido do local com a faca usada no crime. O objeto ainda não foi encontrado. A polícia foi acionada pela mulher da vítima. Este foi o primeiro homicídio registrado no ano em Araçatuba.

 

AtaNews

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password