Acusado de decepar braço de homem no Pozzobon é condenado a 12 anos de prisão

O julgamento de Evandro Euclides de Andrade, conhecido como Pernambuco, que teve início às 9h, desta sexta-feira (21/09)) foi finalizado por volta das 14h45, com a leitura da sentença, feita pelo juiz de Direito da 1ª Vara Criminal do Fórum da Comarca de Votuporanga, Jorge Canil. O réu foi sentenciado a 12 anos de reclusão em regime inicial fechado, pelo crime de tentativa de homicídio.

De acordo com a sentença, o réu apenas não consumou o homicídio por circunstâncias alheias à sua vontade, pois a vítima levantou o braço, o que amorteceu o golpe que seria fatal. O acusado ainda teria agido por motivo fútil, empregando recurso que dificultou a defesa da vítima, desferindo golpes de facão na vítima, o que resultou em lesões graves.

Durante a leitura da sentença o juiz destacou que a vítima “só sobreviveu por um verdadeiro milagre”, perdendo parte do braço esquerdo, além dos movimentos e a sensibilidade da mão direita. Com tais sequelas a vítima atualmente depende da ajuda de terceiros para a realização de tarefas corriqueiras.

O crime
No dia 16 de novembro de 2017, por volta das 11h30, a população de Votuporanga foi surpreendida pelo crime bárbaro ocorrido na avenida Emílio Arroyo Hernandes, no qual uma tentativa de homicídio resultou em um homem com o braço decepado. De acordo com informações colhidas pela reportagem do Votunews na época, a motivação do crime teria sido uma briga, entre os dois homens que eram vizinhos, por causa de um colchão.

A vítima com o intuito de se defender correu para frente de um estabelecimento comercial, onde posteriormente foi socorrido inconsciente pela equipe de resgate do Corpo de Bombeiro e Samu, com parte do braço esquerdo decepado e ferimentos na cabeça. Na época Fernando foi encaminhado para a Santa Casa de Votuporanga, onde passou por procedimentos cirúrgicos.

Algumas horas depois o autor do crime foi localizado por equipes da Força Tática, na rua Fioravante Davanzo, bairro Boa Vista, entre as ruas Sergipe e Pernambuco. Evandro foi detido e conduzido ao 2º Distrito Policial, de onde foi encaminhado para a cadeia pública de Guarani D’Oeste.

0 Comentários

Deixe um Comentário

4 × três =

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password