Acidentes na região deixam sete mortos

Sete pessoas morreram em seis acidentes registrados no fim de semana, na região de Rio Preto – três no domingo e três no sábado. Em um deles um casal de namorados de Tabapuã morreu em Bebedouro.

Beatriz Caroline da Silva, 21 anos, e Leonardo Augusto Christofoletto, 22 anos, voltavam da festa do peão de Barretos, na madrugada de domingo, pela rodovia Faria Lima (SP-326), quando o carro bateu em um caminhão canavieiro.

De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual, Leonardo perdeu o controle do veículo, bateu na traseira do bitrem carregado de cana-de-açúcar e capotou. O casal morreu ainda no local. Eles foram sepultados, ontem de manhã, em Tabapuã.

O motorista do caminhão não sofreu ferimentos. Também foi enterrado na manhã de ontem o agricultor João Roberto Correa, 54 anos, que morreu anteontem à tarde, após cair com o carro em uma represa na rodovia Euphly Jalles (SP-563), km 319, em Palmeira D’Oeste.

A polícia acredita que ele tenha perdido o controle. A vítima chegou a ser levada ao pronto-socorro da cidade, mas chegou ao local sem vida.

Já o motorista Aufeo Lazaro Cavalari, 68 anos, morreu depois de capotar o carro na vicinal Mario Covas Junior, quilômetro 5, entre Novo Horizonte e Itajobi. Segundo a PM, o homem capotou o carro e foi arremessado para fora do veículo. Ele morreu ainda no local do acidente. Já no sábado, Uelton Rodrigo Azevedo Rodrigues, 25 anos, morreu na avenida Domingos Baraldo, área central de Novo Horizonte, após o carro em que estava bater em um poste de iluminação. Outros quatro jovens que estavam no mesmo automóvel sofreram ferimentos, mas passam bem.

Em Ariranha, Laerte Favaron Neto, 21 anos, morreu depois de capotar o carro na vicinal João Colombo. Dois passageiros sofreram ferimentos graves e estão internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital Padre Albino, em Catanduva. Em Rio Preto, Newton Roberto Barbosa, 56 anos, morreu ao bater a moto que dirigia na traseira de um caminhão na rodovia Transbrasiliana (BR-153).

Mais 4 acidentes em ônibus

Entre domingo e ontem foram registradas mais quatro vítimas de acidentes em ônibus de transporte coletivo em Rio Preto. Já chega a 22 o número de passageiros feridos em veículos do consórcio Riopretrans este ano. Ontem, Elenir Nossulha, 49 anos, bateu o nariz após freada brusca que o motorista fez na avenida Andaló para desviar de Kombi parada no semáforo. O outro acidente foi com Pedro Carvalho, 80, que ao subir em um ônibus na rua Marechal Deodoro se desequilibrou e caiu de costas no chão.

No domingo, Solange da Silva, 47, teve hematomas nas pernas e braço direito após cair em circular da linha Parque da Cidadania. E Tailana da Silva, 22, bateu com a cabeça na calçada apó o motorista da linha Nato Vetorazzo fechar a porta quando desembarcava. A assessoria da Riopretrans diz que está sendo feita perícia.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password