Ação do Secez na escola Anita resulta no recolhimento de 170 quilos de criadouros

Na luta contra o Aedes, alunos do CEM “Prof.ª Anita Liévana Camargo” recolhem e trocam criadouros por vale-sorvete em ação de Educação em Saúde

Estimular a mudança no comportamento das crianças em relação aos cuidados necessários de eliminação dos possíveis criadouros do Aedes Aegypti, é o objetivo principal do trabalho desenvolvido pelas equipes de educação em saúde do Secez (Setor de Controle de Endemias e Zoonoses) da Secretaria Municipal da Saúde.

Na última sexta-feira (2/3), os profissionais do Setor promoveram uma ação junto aos 400 alunos do CEM “Prof.ª Anita Liévana Camargo”, que trocaram criadouros do mosquito por vale-sorvete. No total, os estudantes recolheram 170 quilos de materiais recicláveis, considerados criadouros em potencial.

 

A educadora em saúde, Patrícia Amâncio destaca que a quantidade de criadouros recolhidos pelos alunos nesta ação superou as expectativas. “As crianças ainda estão sendo orientadas sobre o controle do inseto, e já colocaram em prática um excelente trabalho de prevenção. Diante dessas novas informações, os alunos poderão fiscalizar seus quintais e terrenos próximos e orientar os pais e amigos sobre as formas de controle ao Aedes, o que contribuirá para a consequente diminuição do risco de transmissão de várias doenças”, comemora. O Aedes Aegypti é transmissor de diversas doenças, dentre  elas, dengue, zika, chikungunya e febre amarela.

 

O desempenho dos alunos da escola Anita nesta atividade resultou em sua maioria no recolhimento de 76 quilos de plástico, 47 quilos de garrafas pet e 12 quilos de sacolas plásticas, além de uma enorme quantidade de papelão e latinhas de refrigerante, detalhou Zélia Beráramo, educadora em saúde do Secez. “Todo esse material exposto com água parada é um grande perigo a saúde da população e os alunos do Anita realizaram um trabalho brilhante. Neste período de chuvas é muito importante também que toda população cuide dos locais que são criadouros do mosquito”, finalizou Adelice.

 

Todo o material arrecadado na atividade é vendido ao ferro-velho e o valor total arrecadado é revertido para a APM da escola.

 

Na próxima semana, os alunos do Anita seguem outras atividades voltadas ao combate ao Aedes. Na terça (6/3) uma grande gincana temática encerrará a ação das equipes de educação em saúde naquela unidade escolar.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password